Pular para o conteúdo principal

ESTAREI NO BATE PAPO DA UOL NESTE FIM DE TARDE!

ESTAREI NO BATE PAPO DA UOL, ÀS 18HS, PRONTINHA PARA COMENTAR E RESPONDER.
ESPERO VOCÊS.

Comentários

otaviano disse…
Zizi, Será que é possível amar à distância com equilíbrio? É. Eu lhe amo. Acompanho sua carreira desde o início, tenho seus melhores discos (LP) e todos os CDs. Não tenho uma canção favorita. O que tem de favorito é sua belíssima voz, iluminada, encantada por Deus. Fiquei super feliz em lhe ver hoje no UOL, mas infelzmente por mais educadas que fossem minhas intervenções estas não foram pubblicadas, perfeitamente compreensível. Imagino as milhares de pessoas que estavam antenadas esperando falar com você. Vi dois lindos e maravilhosos Shows seus, o primeiro, creio que em 1981, na Escola Parque (projeto pixinguinha)o segundo mais recentemente, talvez em 1999, no Teatro do Centro Cultural da Caixa, todos dois em Brasília. Você estava demais! Ainda reunimos os amigos em casa para ouvir as músicas de Zizi Possi, parecendo aqueles sábados da década de 80, quando saímos correndo às lojas e voltávamos breve para ouvir os discos. Que saudade!!! Gosto muito de sua filha, acho-a impecável. Quero lhe ver em Brasília bem rapidinho. Pena que sou tímido e muito discreto, pois do contrário iria, discretamente, tentar falar com você no camarim, mas não tenho coragem, é muito mico. rs rs rs Fique com Deus e continue com esta força interior incrível, capaz de romper barreiras, manter a ternura e mudar os rumos. Forte! Desculpe-me se escrevi muito, é emoção de tê-la visto tão perto, no notebook da minha casa, e não ter conseguido dar um alô. rs rs rs Beijos, Otaviano (octavianobaptista@gmail.com)
Pat disse…
Bacanérrimo o Bate Papo da UOL(Cadu me enviou um resumo...rs....). A gente percebe o quanto foi emocionante e o quanto tocou fundo a estréia do Cantos para você.
Gostei de uma parte no bate papo que foi quando você falou da vaidade, pois percebemos que hoje em dia a fogueira das vaidades tem aumentado as suas chamas e incorporado muitas outras roupas no “guarda-roupa fantástico”, ela (a vaidade) ultrapassou os meios artístico, acadêmico etc. Você está certíssima quando disse que “existem outros meios com menos visibilidade que ela faz um estrago impressionante.” Achei esse toque que você deu super bacana...Enfim...rs...
Sorte sempre, pois o Cantos e Contos já é uma realidade de muito sucesso.
Inté
Pat
Cadu Oliveira disse…
A cada vez que vejo uma entrevista da Zizi me surpreendo como ela é, para além da melhor voz brasileira sobre os palcos, uma mulher inteligente, antenada não apenas com os caminhos que toma a arte na atualidade, mas também com os rumos que a nossa vida (pós)moderna anda seguindo.

Caramba, que bom que ainda existem artistas que sabem falar de outros assuntos e sobre a própria carreira de maneira (auto)crítica e reflexiva, e fogem do velho papo furado de auto-promoção, venda de disco, futricas do showbusiness e opiniões clichês sobre tudo e todos.

Sério, a voz de Zizi dá prazer de qualquer forma: seja numa canção, seja num papo gostoso e descontraído (e nem por isso raso), como o que tivemos a oportunidade de assistir ontem.

Fiquem atentos, porque o UOL costuma arquivar os vídeos. Vale a pena ver e rever!

Beijo, Zizi! Beijos, turma!

Postagens mais visitadas deste blog

Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil
Faço agora uma reverência aos Zizianos espalhados pelo Brasil e mundo.
Hoje, 22 de outubro de 2015, completamos mais um ano de vida!
Foi em 22 de outubro de 2007, que resolvi publicar meu blog na plataforma do blogspot, super discretamente, colhendo aqui e ali algumas pessoas que se reuniam em torno do meu trabalho...
Adriana GarciaCarmen Teixeira, Paulinha de Salta, Ney Lee, Conceicao MachadoManoel Vila NovaAndrezinho Possi, Luziane, ....... e assim, de grão em grão construímos uma relação tão quente, tão propícia, que casamentos aconteceram entre membros do blog, encontros físicos - tivemos 3, com pessoas do Brasil todo.
E o mais gratificante, foi perceber que apesar das diferenças de gêneros, sotaques, idades, lá no fundo do coração, todos nós Zizianos somos feitos de uma mesma substância. Nos emocionamos "alcançando" um sentido intrínseco nas canções, na poesia do cotidiano, nas aspirações.... enfim, somos todos da mesma gota de amor de Deus.
Obrigada por existirem na m…