Pular para o conteúdo principal
Seguem os cliques de Ronaldo Aguiar





Tocaram neste show:
Jether Garotti Jr. (maestro, pianista, clarinetista e vocal)
Keco Brandão (teclados e vocal)
Webster Santos (violões, guitarra, cavaquinho, bandolim)
Guilherme Kastrup (bateria e percussões)

Comentários

Pat disse…
Zizi, estava um pouco sem energia esses dias, passei hj pelo blog e achei as novidades super 10. As fotos um maravilha, vcs estão lindos!!! Adorei o cabelo, os sorrisos e achei bárbaro o seu figurino, está super na moda esse casaquinho transparente e uma camiseta por baixo. Super feminino, sex, básico e elegante, aliás, a senhora é uma mulher elegantíssima.

Repare, no lance de ser vegetariana acho que ainda não te sigo não, no entanto, com relação a esse figurino vai rolar uma cópia básica para eu sair por ai...rs...

O show deve ter sido tudo!!!
Até mais amiga
Pat
morettovalente disse…
ZIZI, SEI QUE SÃO PAULO É FRIO!!!MAS TO COM SAUDADE DO TOMARA QUE CAI E AQUELE DECOTE SOBERANO DA CAPA DO CD "SOBRE TODAS AS COISAS"

BJ
SEU MORETTO
Tatiana disse…
Olá, Zizi

Fiquei super feliz em saber que você tinha feito um blog. Adoro blogs.
Como também sou cantora, me divirto pensado aqui se as mazelas e as delícias são as mesmas, guardando as proporções devidas.
Um abraço e sucesso sempre.
Vladimir disse…
As fotos dizem TUDO!!

TUDO lindo...


Bjs
jwadson disse…
Tanto tempo te amei
Mil motivos te dei pra me usar
Tanto te desculpei
Tanto te acostumei a brincar
Quantos anos perdi
Envelheci de amor
E você não mudou...

Essa música (Tempo Presente) do Edú Lobo e da Joyce realmente é demais, aliás, o CD que contém essa música é uma obra-prima. É o terceiro trabalho da carreira da Zizi. Aconselho a todos conhecê-lo.
Uma outra música de tirar o chapéu é Libertad Borboleta (Libertad Mariposa) composta pelo saudoso Gonzaguinha, que no diminutivo só tinha o nome. O próprio solta a voz na introdução dessa música que é de arrepiar.
Grande abraço pra todos.
Nio disse…
Que delícia deve ter sido esse encontro entre você e o Edu. Tive a oportunidade de vê-los, no último projeto.

Ai Zi, adianta um pouco os seus planos para esse Projeto: "Cantos e Contos"! To morrendo de curiosidade ... louco para saber o que vem por ai (Vou reiterar ... torço por um songbook, daqueles bem longos e completos, com 12 cds) Imagine? Risos ...

Como falaram no show do Pompéia, vc tem "o poder de cura" e eu teria 12 doses contínuas para ficar eternamente curado de todos os males, apenas te ouvindo!

Bjs e viva aos seus 30 anos de "Cantos, contos e encantos"

Janio
Cadu Oliveira disse…
Que homem de sorte é esse meu xará Edu... Um gênio da música, com reconhecimento público em vida, presenteado com interpretações impecáveis das suas canções feitas por você, Dolcissima!

Receber elogios e a admiração explícita de você deve ser um privilégio! Quanto a isso, me vêm à mente uns versos de Quintana, em que o poeta fala de que também somos autores daquilo que admiramos; ou seja, a música de Edu é tão sua quanto dele, uma vez que ela lhe toca e dá corpo àquilo que você carrega dentro de si.

"Qualquer ideia que te agrade,
Por isso mesmo... é tua.
O autor nada mais fez que vestir a verdade
Que dentro em ti se achava inteiramente nua..."
Marcos disse…
Concordo com voce Jwadson, tambem adoro o CD "Zizi Possi" de 1980, alem das musicas que voce citou tambem gosto muito de "Quem sabe, em casa outra vez", versao da propria Zizi Possi para "Home again" da Carole King, "Cruzada", "O pao", "Mina de Prata", porém "Libertad Borboleta" - é muito linda!
Anônimo disse…
Zizi volte a cantar 'Tempo presente'. Please!

Postagens mais visitadas deste blog

Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil
Faço agora uma reverência aos Zizianos espalhados pelo Brasil e mundo.
Hoje, 22 de outubro de 2015, completamos mais um ano de vida!
Foi em 22 de outubro de 2007, que resolvi publicar meu blog na plataforma do blogspot, super discretamente, colhendo aqui e ali algumas pessoas que se reuniam em torno do meu trabalho...
Adriana GarciaCarmen Teixeira, Paulinha de Salta, Ney Lee, Conceicao MachadoManoel Vila NovaAndrezinho Possi, Luziane, ....... e assim, de grão em grão construímos uma relação tão quente, tão propícia, que casamentos aconteceram entre membros do blog, encontros físicos - tivemos 3, com pessoas do Brasil todo.
E o mais gratificante, foi perceber que apesar das diferenças de gêneros, sotaques, idades, lá no fundo do coração, todos nós Zizianos somos feitos de uma mesma substância. Nos emocionamos "alcançando" um sentido intrínseco nas canções, na poesia do cotidiano, nas aspirações.... enfim, somos todos da mesma gota de amor de Deus.
Obrigada por existirem na m…