Pular para o conteúdo principal

Um pouco de Zurique pelo nosso Ziziano, Marcos Vital

Crianças queridas,
Transcrevo o email do Marcos, e posto algumas das fotos da Suiça.
Ele enviou outras,da Itália e da França, que postarei amanhã, para dar tempo de vocês digerirem com calma tanta informação, certo?
Enjoy!!!






Originariamente a Suíça não é uma nação, mas uma liga de diversas repúblicas e comunidades com sua própria história, de diferentes origens étnicas e línguas diversas. Em 1848 estas comunidades se uniram formando um Estado Federal divido em 23 unidades denominadas de cantões.
O país dos relógios precisos, dos fondues e das contas bancárias sigilosas tem 70% do território ocupado por montanhas, com destaque para a cadeia dos Alpes, a principal do país. Para descer dos pontos mais altos, os suíços capricharam nas alternativas. São mais de 200 estações de esqui. Nas cidades, a surpresa também está em cada detalhe das vilas medievais, dos museus e dos festivais de cultura. Tem também todo o luxo e o refinamento que cabem a uma nação com uma renda per capita de 36 mil dólares, uma das mais altas do mundo.Conhecer a Suíça é uma experiência cultural interessante. O país é uma mistura única de três diferentes culturas a germânica, a francesa e a italiana , que semearam uma grande variedade de hábitos sem, no entanto, apagar a feição tipicamente suíça das 26 unidades administrativas que a formam. Imagine se numa área do tamanho do estado do Rio de Janeiro fossem falados quatro diferentes idiomas. Pois assim é a Schweiz, Svizzera, Suisse. Além do alemão (o preferido entre os 7,2 milhões de habitantes), do francês (que domina o oeste) e do italiano (muito usado na região do Ticino), uma língua semelhante à que se falava na época do Império Romano o romanche ainda é usada por 0,5% das pessoas, que vivem em parte do cantão de Les Grisons.
Enormes montanhas branquinhas de neve, esquiadores encapotados, turistas com chocolate quente nas mãos. Esse é o mais famoso retrato dos Alpes Suíços no mundo. Visitar uma estação de esqui é passeio obrigatório de quem vai à Suíça no inverno. As estâncias nas montanhas se concentram, sobretudo, na parte central e sudeste do país. Saint Moritz é a mais conhecida. Tem butiques de luxo, excelente infra-estrutura hoteleira e mais de 400 pistas. Gstaad, no interior do cantão de Berna, é reduto de vips e famosos. Com um pouco de sorte, você esbarra em Valentino ou Bernie Ecclestone, patrão da Fórmula 1. Zermatt, no cantão de Valais, fica aos pés da Matterhorn, a maior montanha do país, com 4 478 metros de altura. A vila, rústica e charmosa, é ideal para praticar esqui, snowboard, cross country, paraglide e patinação em gelo natural e artificial.


ZURIQUE

Séria e compenetrada, como convém à maior metrópole da Suíça, e seu motor econômico, Zurique é também a capital cultural e, há décadas, um grande reduto de artistas. Foi ali que surgiu, por volta da década de 1910, o movimento conhecido como dadaísmo. Segundo algumas pesquisas recentes, a cidade tem mais cinemas que Nova York. Não faltam também ótimos museus e galerias de arte, em meio a lojas sofisticadas que formam corredores capazes de rivalizar com outros grandes templos de consumo no mundo. Outro traço marcante de Zurique é a boemia. Estamos falando aqui de uma cidade feita sob medida para quem gosta de se divertir à noite. A cena tecno concorre com a de Berlim, enquanto a música clássica e a ópera se mantêm como bastiões. Cosmopolita e vibrante, Zurique se tornou uma das capitais européias de estilo. Prazer é a palavra de ordem: fazer compras na Bahnhofstrasse é sensacional, há opções de programas todas as noites, muita cultura no Opera Haus e no suntuoso Kunsthaus. A gastronomia tem representantes do mundo inteiro, e perder-se nas vielas que cortam o rio Limmat próximo à igreja de Grossmünster é o programa favorito. Não deixe de tomar um barco e passar por baixo das muitas pontes que cortam a cidade.
A "Bahnhofstrasse" (Rua da Estaçao) é a mais conhecida e importante artéria de Zurique. Inicia-se na Bahnhofplatz, em frente à estação Central dos trens, prosseguindo de norte para sul, até atingir o Lago de Zurique. A curta distância desta, acompanhando-a do lado esquerdo, corre o rio Limmat. Ao longo do seu percurso, é ladeada pelas instalações das mais prestigiadas instituições bancárias e por requintadas lojas comerciais. Os preços praticados na maioria das lojas não estão ao alcance das bolsas mais modestas, fazendo juz à fama que desfruta de ser a mais cara rua da Suiça...

Comentários

Manoel Vila Nova disse…
Saudacoes Zizianas !!!!!!!!!!!!

Minha Zi e todos os companheiros Zizianos, esse lugar e muito lindo, Zurique. Ainda nao cheguei la, mas boto fe que com o nosso grupo (cada vez mais entrosado, por sinal, esta ficando lindo !!!!) vamos dar umas "ziziadas" por aquelas bandas de la (fica pertinho da Croacia, nao e ??)...rsrsrs.
Manoel Vila Nova disse…
Zi e todos os Zizianos, estive pensando em criarmos um "Certificado Ziziano de Associacao" para entregarmos a cada membro no nosso jantar de confraternizacao ai em SP, quando ele vier a acontecer. Tenho uns amigos publicitarios que poderiam criar algo bem legal e criativo pra gente. Dai, eu colocaria o nome de todos os integrantes em certificados personalizados, levaria para o jantar, vc (como nossa "Ziziana Mater") colocaria a sua valiosa assinatura e entragariamos durante o encontro. O que acham ? Prometo que vai ficar muito legal, criativo e bonito.
Beijos Zizianos !!!!
Manoel.
pau_argentina disse…
Oi Marcos!!! Que fotos lindas!!!!
Sabe? Eu não gosto do frio, mas acho que posso tomar chocolate quente nos Alpes Suíços..tranqüilamente!!!

Muito obrigada pelas fotos Marcos, gostei muito!!

Beijos enormes pra você e o povo lindo!!!
marcos_possi disse…
Manoel, voce é mesmo muito "idéildo" né? ;-)

Um certificado criado para os membros de um clube maravilhoso, que nem "bolinha", ou mesmo "luluzinha" pensariam ser tao bom...
Um clube com base no respeito, na admiraçao, no afeto, e no carinho pela nossa "diva mor", ZIZI POSSI.

Abraços, Marcos
Dani Mota disse…
Manoel vila Nova, adorei a idéia e tenho certeza que todos os Zizianos contribuirão para que esse encontro aconteça.

Vamos lá gente, fazer uma campanha para o encontro do ano!Seria lindo.

Bjos!!!
Adriana disse…
Boa tarde Zizianos!!!!!
Marcos,amei as fotos ,são muito lindas!Puxa,cada vez o nosso roteiro de viagens fica maior...
Manoel, adorei a função que você me deu!Por pilha???Deixa comigo!
Talvez a gente possa escolher o mês que mais Zizianos possam estar aqui em São Paulo,daí nossa Zizi escolhe a data, o que vocês acham?
Eu posso qualquer dia ,qualquer mês,desde que eu me organize com antecedência.Que tal amanhã??Hoje??Pode ser...rsrs
Marcia Ricco, a Zizi falou sobre seus incensos e eu não acho mais o post.Você pode nos dar informações e dizer como podemos comprar???
Paulinha Coração "pouco conhecimento no idioma?"???Menina, seu português SOBRA!!!!!(Isso não é um delírio meu! rs).
Paulinha eu vou ser bem "delicada" com você:"SE VIRA"!!!!!!Nós que precisamos de você aqui!!!Se você não vier vou passar o encontro todo chorando!!!!Vem????
Salve Paulo Roberto!
Zizi amada espero que tudo esteja fluindo!

Beijos delirantes!!!!!
adriana adrianita!
Ana Lucília disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
falllbrasil disse…
Brasil um país de assassinos psicóticos quem tem culpa.

Tortura seqüestros os pais matando os filhos, e filhos matando os pais
Corrupção, violência sexual miséria fome terremotos e alguma coisa a mais
Doenças com falta de cuidado e remédio gente feia com plástica
No rosto que se torna uma cara na minha televisão olhando nos meus olhos e falando em crescimento econômico com o feijão mais caro que o bife, pois é mais fácil ensinar a matar para comer do que ensinar plantar para colher é assim é minha vida eu vejo todo dia na minha televisão eu aqui escutando uma musica de Erasmo Carlos na voz de Renato Russo A CARTA isso é bom muito bom, pois tenho só 31 sou aquariano e engulo pouco peixe, pois peixe é puxado assim como a memória do povo para maldades.
Do nosso planeta, pois lembramos datas de tragédias e esquecemos as da felicidade, pois eu mesmo não sei nenhuma data feliz, ha é tem natal mais natal é comercio o diabo inventou o comercio sabia quando ele vendeu a maça para Eva, pois aquilo foi uma venda ele ofereceu o conhecimento e ela a sua alma eterna primeiro grande negocio do mundo documentado diga ai em galera descobri o primeiro grande negocio mais o que eu queria saber mesmo qual será o ultimo negocio da humanidade você sabe .pois pelo pouco que sei de historia tudo que falei aqui não aconteci só aqui no Brasil ou no resto do mundo depois de cristo mais sempre aconteceu então será mesmo que já demos o tão famoso passo da evolução ou simplesmente aperfeiçoamos
A nossa imperfeição uma carta para se ler e jogar fora por Fabrício de Almeida.


São Paulo 01 de julho de 2008
Ana Lucília disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Adriana disse…
Oi Zizianos!!!!
Só eu que deliro aqui????
Manoel e ANA(a habitante legítima! rs ),vocês estão saindo melhor do que a encomenda!!!!!Nossa, cada ídéia louca!!!!Eu tô adorando o delírio coletivo!
Zizi,olha onde você se meteu...

Beijos e beijos
Adriana
Manoel Vila Nova disse…
Zizianos, pense num entrosamento bacana que esta fluindo entre nos, naturalmente, sem forcar nada...isso e maravilhoso e muito genuino. Ana Lucilia, o que vc for pensando para o certificado vai anotando ai. Quando estiver no Brasil, vou pegar todas as informacoes, compor um "briefing" e enviar pro pessoal da agencia de publicidade analisar a melhor solucao, ok ? Vai guardando...
Beijos,
Manoel.

Postagens mais visitadas deste blog

Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil

Mistério revelado

Que bacana vocês terem aprovado o verde de fundo do blog.
É em homenagem à nossa escolha por maioria, ao partido verde, que na verdade com ou sem partido, é a cor de fundo das escolhas dos nossos corações, não é mesmo?

Um blog que reúne pessoas que amam animais, vegetais e minerais, música, arte e verdade, é no mínimo ecológico e ético, certo people?

Então, vou contar para vocês sobre o mistéééério que me levou ao planalto central.

Uma amiga comentou há algumas semanas, que um grupo de amigos estava com vontade de ir à Abadiânia - cidade do interior do estado de Goiás, para ser vista pelo médium João de Deus, a quem é atribuído grande poder de cura das mais diversas doenças.

Vi na minha agenda que naquele final de semana eu estaria com tempo livre, e resolvi me juntar ao grupo, uma vez que nos últimos anos tenho me sentido um "mostruário" de males que a medicina tem pouco ou nenhum jeito eficiente de tratar. Alguns não têm nem diagnóstico..... já passei por tantos hospitais, médi…