Pular para o conteúdo principal
... e por falar em angústia, em "apesar de" , em criação da própria vida....
como postou André sobre Clarice...

Mais cedo houve um eclipse no céu, sol e lua em leão.
Ressoou o inconsciente fundo no peito, não na cabeça...

Senti isso na pele, ou melhor, fundo no peito.
Hoje meus medos saíram das suas mais profundas moradas, e vieram me visitar.
Impressionante como são espaçosos... convincentes...
Roubam o ar dos pulmões e põem o estômago a arder ....
Esta, é uma das horas em que fica muito claro, que a mente lógica é completamente insuficiente para entender a complexidade da vida.
A mente eclipsa, e tudo fica turvo, reflete só escuridão.
Entender não basta. Transcender é preciso.
Acho que este exercício, o de transcender os estados eclipsados, deve ser um treino muito importante, para quem aspira não ter a própria luz sugada, seja pelo que for...
Deus nos reforce!
Deus, nos reforce!

Moretto, você vivia seu inferno astral, e talvez isso tenha aumentado a condição de tristeza.
Agora esse tempo se foi. Outros infernos virão.
Se não quisermos ser lançados por eles, do riso ao choro, da felicidade à tristeza, e assim por diante, é melhor que comecemos já a treinar a transcender o entendimento.
Caso contrário, estaremos à mercê das condições.... e isso é um perigo!
Faço parte do bloco dos que precisam de treino. Muuuuuito treino!

Beijo EM todos os meus Zizianos queridos.

Comentários

Ana Lucília disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcia disse…
Zi e Moretto

O inferno astral também passou por aqui... portanto, também faço parte desse bloco que procura a transcendência da alma aos fatos da vida. E olha, doí.....Mas,como disse nossa flor, Moretto, com muuuito treino a gente chega lá !!!
Que o sol brilhe radiante para todos nós !!!!

Beijos amorosos
Zi,por acaso você tem o registro do show de 87 no Centro Cultural Cândido Mendes, junto com o Meu Nescau ? estou à procura e, de lá só recebo negativas....
beijocas saudosas
pau_argentina disse…
Zi, gostei muito desse post.
Li ele várias vezes..várias. Não posso somar nada, só dizer que com certeza estou no bloco que precisa pôr em OFF a cabeça algumas vezes.

Com licença Adrianita Corazón, deixo um fragmento duma canção linda:
"Não pense que tudo perdeu sentido,
não dificulte a chegada do amor, não fale demais, escuta ao coração: ele é o cabo a terra".
Fito Paez (canção: cable a tierra)

Beijos grandes para todos!!Lindo sabado!

PS: Adri, core, tá certo falar "cabo a terra" como uma conexão coma realidade? Profe?? rs
Marcia disse…
Canção do dia de sempre

Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...

Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...

E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...

E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.

Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!

E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...
Mário Quintana
"Ah, coração !!! Se apronta pra recomeçar !!!"

Beijos esperançosos !!!
Marcia disse…
Verso Avulso
... O luar é a luz do sol que está dormindo...
Mário Quintana

Uma das minhas definiçoes preferidas sobre o luar...

Muita Luz, seja do sol ou da lua para todos !!!
Angélica disse…
Gente peço mil desculpas por interromper o assunto de vocês, mas por favor, me ajudem, gostaria de saber qual é o e-mail que posso mandar fotos.
Já procurei nas postagens mais antingas e não encontrei.
Muito obrigada....
Bjs Zizi!!!!
pau_argentina disse…
Com licença Zi!!

Oi Angélica!

Os e-mails são:
blog@zizipossi.com.br OU zizi.possi@gmail.com.

Besos grandes!!!

Buenas noches queridos!!
Zizi Possi disse…
Paulinha querida, não conheço essa música do Fito Paez, mas vou correndo procurar, porque a poesia é liiiiiinda! Obrigada por apresentá-la.
Sabe, acho mesmo que todos nós estamos aqui para "treinar" a mente, em algum nível, por menor que seja. O busdismo trata deste treino de um jeito muito eficiente, mas até para pratica-lo, é preciso conseguir uma determinação muito poderosa, que não vem sem que a gente se esforce.
Os tempos andam cobrando da gente este preparo, e eu começo a achar que talvez seja este treino a única coisa que realmente importa.
Pensemos nisso....

Obrigada pelo apoio, dando o email para a Angélica! Arrasou!!!!
Como vai sua recuperação? Está se sentindo bem, podendo levar a vida normalmente, ou tem alguma restrição por enquanto?
Conta prá gente!


Angélica, estamos esperando as suas fotos!

Ana Lucília e Márcia, parece que as bruxas estavam soltas mesmo, e pelo jeito estarão em todo começo deste mês.
A maior parte dos sensitivos que conheço, passaram especialmente, por difíceis pedaços desde quinta a noite.

Força na peruca e retidão nos propósitos - vamos em frente!
Bjks carinhosas para todas vocês
ZZ
Marcos Vital disse…
PAULINHA,

Também adorei o trecho da musica do Fito Paez, segui a Zizi e fui buscar a letra da musica inteira...

Entendi tudo, com excessao do titulo da musica, "Cable a tierra" - Cabo a terra? O que quer ou poderia significar??

Talvez esteja com a imaginaçao fraca hoje, me ajuda aì Paulinha. ;-)

Beijinhos, MaRcOs
Angélica disse…
Paulinha, muuuuuuito abrigada pelos e-mails.
Logo, logo encaminharei minha foto

Bjkas a todos e uma ótima semana!!!!
Adriana disse…
Oi Core, Corazón acredito que a tradução de "cabo da terra" é bem ampla,parece que nessa expressão cabem muitas interpretações.Logo no início da canção ele diz que se você não tem conecção com os demais...se você está cego de poder,etc.joga o seu cabo na terra...Eu entendi que ele propõe uma mudança de postura que tira VOCÊ do centro, do seu narcisismo e te lança ao encontro com o OUTRO.
Coloco aqui OUTRO representando tudo que não é o EU.(O Outro como o que é diferente).
Acredito core que quando ele diz :
Não fale demais,escute o coração ele é o cabo da terra,está dizendo para saírmos das lamentaçãoes e queixumes que estamos acostumados a fazer,"ouvir o coração"pode ser ter uma escuta nova pra nossas velhas questões.
Paulinha nenita,linda essa canção...essa foi a minha viagem´.Não tem certo nem errado.Não tem um sentido único.
Muitos besos Corazón!!!!!
Adrianita
Adriana disse…
Paulinha Corazón,você precisa me pedir licença pra escrever um trecho de canção????RSRS Tolinha...
Não somos donos das canções...elas que nos possuem...
Beijo marramacho absolutamente querido!
Adrianita
Beijos melodiosos pra todos!!!
pau_argentina disse…
Bom dia Zi!! Bom dia povo ziziano!!

Bom dia Marquitos!!
Olha, aqui falamos de "cable a tierra" como uma conexão com nós mesmos.
É uma pessoa ou atividade que nos faz "descer" da voragem diária e nos conecta com algo mais essencial, entendeu?
Por exemplo, meu cable a tierra é o meu sobrinho Bau, entende?
Sorry, Marquitos não sou muito boa explicando..só espero que você entenda rsrs. Ah!! procure a música também, é muito linda!

Gente: me contam? qual é o seu cabo a terra??

Beijos para todos e um grande pra Zi!!!
Adriana disse…
Ana Lucília querida, está melhor?Falando em medo,você já ouviu essa canção?:(eu adoroooroo)

Miedo
Lenine
Composição: Pedro Guerra/Lenine/Robney Assis

Tienen miedo del amor y no saber amar
Tienen miedo de la sombra y miedo de la luz
Tienen miedo de pedir y miedo de callar
Miedo que da miedo del miedo que da

Tienen miedo de subir y miedo de bajar
Tienen miedo de la noche y miedo del azul
Tienen miedo de escupir y miedo de aguantar
Miedo que da miedo del miedo que da

El miedo es una sombra que el temor no esquiva
El miedo es una trampa que atrapó al amor
El miedo es la palanca que apagó la vida
El miedo es una grieta que agrandó el dolor

Tenho medo de gente e de solidão
Tenho medo da vida e medo de morrer
Tenho medo de ficar e medo de escapulir
Medo que dá medo do medo que dá

Tenho medo de acender e medo de apagar
Tenho medo de esperar e medo de partir
Tenho medo de correr e medo de cair
Medo que dá medo do medo que dá

O medo é uma linha que separa o mundo
O medo é uma casa aonde ninguém vai
O medo é como um laço que se aperta em nós
O medo é uma força que não me deixa andar

Tienen miedo de reir y miedo de llorar
Tienen miedo de encontrarse y miedo de no ser
Tienen miedo de decir y miedo de escuchar
Miedo que da miedo del miedo que da

Tenho medo de parar e medo de avançar
Tenho medo de amarrar e medo de quebrar
Tenho medo de exigir e medo de deixar
Medo que dá medo do medo que dá

O medo é uma sombra que o temor não desvia
O medo é uma armadilha que pegou o amor
O medo é uma chave, que apagou a vida
O medo é uma brecha que fez crescer a dor

El miedo es una raya que separa el mundo
El miedo es una casa donde nadie va
El miedo es como un lazo que se apierta en nudo
El miedo es una fuerza que me impide andar

Medo de olhar no fundo
Medo de dobrar a esquina
Medo de ficar no escuro
De passar em branco, de cruzar a linha
Medo de se achar sozinho
De perder a rédea, a pose e o prumo
Medo de pedir arrego, medo de vagar sem rumo

Medo estampado na cara ou escondido no porão
O medo circulando nas veias
Ou em rota de colisão
O medo é do Deus ou do demo
É ordem ou é confusão
O medo é medonho, o medo domina
O medo é a medida da indecisão

Medo de fechar a cara
Medo de encarar
Medo de calar a boca
Medo de escutar
Medo de passar a perna
Medo de cair
Medo de fazer de conta
Medo de dormir
Medo de se arrepender
Medo de deixar por fazer
Medo de se amargurar pelo que não se fez
Medo de perder a vez

Medo de fugir da raia na hora H
Medo de morrer na praia depois de beber o mar
Medo... que dá medo do medo que dá
Medo... que dá medo do medo que dá

Não é lindo isso?
Muitos beijos
Adriana Adrianita
Marcos Vital disse…
Muito linda letra, Adriana.
Tenho medo de morrer na praia depois de beber o mar - nao sei nadar ;-()
Angélica disse…
Olá pessoal!!!

Essa música que a Adriana postou é linda....
Eu adoro o Lenine.

bjs a todos!!!
pau_argentina disse…
Adrianita: pedi licença porque é você quem coloca as "frases do dia", entendeu core ingrato?? Sou muito bem-educada. ;)
Você ficou sem palavras com a besteira de ontem né?? Estou treinando porque quando seja grande quero ser como você!! rsrs

Marquitos: obrigada pela aula!! Já estava procurando "miolos" e "arretada" no dicionário, mas a resposta estava aí no comentário!!! Você é danado de adorável!!! (aprendi!!...aprendi??)

Angélica: De nada!! Agora esperamos ansiosos que o blog permita postar suas fotos!! chan chann chaaannnn (música de suspenso).

Zi: me desculpe, mas "alguém" colocou o cd nº 2 com a Ana Carolina na pilha errada??? Nena...

Beijos e besos!!!
Pat disse…
A verdade é sim, o inferno astral chega para todo mundo, às vezes passa e às vezes infelizmente segue o ano todo...enfim...

Penso que temos que mudar a nossa postura na vida e com as pessoas, mesmo pq elas (as pessoas) não querem saber de tristeza por perto não é não? Portanto, se a dor é inevitável, façamos com que o sofrimento seja opcional!

Vamos seguindo dando a:

"Volta por cima"
Chorei, não procurei esconder
Todos viram, fingiram
Pena de mim, não precisava
Ali onde eu chorei
Qualquer um chorava
Dar a volta por cima que eu dei
Quero ver quem dava.

Eu é que quero ver quem dava!

Fiquem todos e todas com Deus e com Santo Antônio!
Pat

Postagens mais visitadas deste blog

Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil

Mistério revelado

Que bacana vocês terem aprovado o verde de fundo do blog.
É em homenagem à nossa escolha por maioria, ao partido verde, que na verdade com ou sem partido, é a cor de fundo das escolhas dos nossos corações, não é mesmo?

Um blog que reúne pessoas que amam animais, vegetais e minerais, música, arte e verdade, é no mínimo ecológico e ético, certo people?

Então, vou contar para vocês sobre o mistéééério que me levou ao planalto central.

Uma amiga comentou há algumas semanas, que um grupo de amigos estava com vontade de ir à Abadiânia - cidade do interior do estado de Goiás, para ser vista pelo médium João de Deus, a quem é atribuído grande poder de cura das mais diversas doenças.

Vi na minha agenda que naquele final de semana eu estaria com tempo livre, e resolvi me juntar ao grupo, uma vez que nos últimos anos tenho me sentido um "mostruário" de males que a medicina tem pouco ou nenhum jeito eficiente de tratar. Alguns não têm nem diagnóstico..... já passei por tantos hospitais, médi…