Pular para o conteúdo principal
Este vídeo tem circulado na internet, eu recebi de três pessoas diferentes, e talvez muitos de vocês já o conheçam.
De toda forma, é tão lindo que sei, todos vão curtir muito assistir.
É a história de um bebê leão que foi criado por dois humanos, e quando a separação era inevitável, foi colocado em seu habitat.
Tempos depois, quando os humanos foram "visitá-lo" e acreditava-se que por natureza e pelo contato com os seus, o leão os tivesse esquecido completamente,..... surpresa!!!!!
Até nosso lado mais selvagem é capaz de amar, quando esta linguagem lhe é oferecida.
Com muito carinho, para vocês.

Comentários

Anônimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Alvaro disse…
Olá Zizi!
Tudo que você mostra em nosso blog (se me permite), é lindo.Tem sempre uma sutileza mesclando: delicadeza, humor, bom gosto e sabedoria. Tenho lido tudo e digo com sinceridade que é um grande prazer este contato tão próximo a você. Já estive em vários shows seus aqui em Belo Horizonte.O primeiro que vi foi em 1983 você estava grávida da Luiza, cheguei a apertar sua mão no cantinho do palco do Palácio das Artes. Das várias músicas do show você cantou Samurai do Djavan, não me esqueço.
Zizi, vi todo o repertório que você cantou nos shows com convidados e com sinceridade estou aguardando uma edição especial com no mínimo uns quatro DVDs; por favor!
Zizi, gostaria que você prestasse atenção ao trabalho de dois compositores: 1º-Carlinhos Brown e 2º Vander Lee; acredito que você se surpreenderá com o que encontrará; é muito bom, só que esta em estado bruto até mesmo de pureza demais, não sei como dizer a você.
Um grande abraço, te adoro de verdade,
Alvaro.
Anônimo disse…
Zizi....

sem palavras....
Lindo, lindo, lindo.....

bjs
Marina disse…
Oi Zizi e irmãos de blog!!!

Ô deixa te falar uma coisa Zizi, eu simplesmente amo tudo que você
posta aqui, mas esse video me tocou de uma maneira especial, já estou com a emoção à flor da pele esses dias que não me contive e desabei em lágrimas assistindo esse encontro lindo.

Me fez lembrar minha cachorra Princesa, que fomos obrigados a doar para um amigo da família porque não dava para criá-la dentro de um apartamento e quando ela foi embora nem tive a chance de se despedir, fiquei muito triste arrasada mesmo, e depois de
algum tempo minha mãe foi visitá-la e ela fez a maior festa e lembrou dela.

Até hoje não tive coragem de ir lá revê-la mas depois disso que vi hoje vou criar coragem.

Bjks pra todos e um ótimo domigo!!

Fiquem na paz!
Adriana disse…
Olá queridos!!!Esse vídeo é uma preciosidade!O Manoel tinha dado essa dica e eu assisti...chorei comovida!Quando assisti agora chorei de novo.O jeito que a leoa "abraça" eles é muito tocante!

Beijos para todos
Marina dou a maior força pra você visitar a Princesa...vocês duas vão ficar felizes!Beijo!
Adrianita
Amo esse video!

Se puder, tiver tempo e interesse (rs)... visite o meu blog pois tenho um trabalho para ajudar os protetores de animais que passam por necessidades para comprar raçao e etc. Se puder ajudar na divulgacao ja seria de grande valia!
E se puder, tiver mais tempos ainda e mais interesse ainda.. tem no blog o documentario que fiz sobre os protetores, mas esta dividido em tres partes por causa do tamanho! E tem tb o video da primeira doacao dos donativos!

Para quem gosta de animal e eh contra os maus tratos de qquer especie, vale a pena..

Grande bj Zizi,

Shirley

Postagens mais visitadas deste blog

Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil
Faço agora uma reverência aos Zizianos espalhados pelo Brasil e mundo.
Hoje, 22 de outubro de 2015, completamos mais um ano de vida!
Foi em 22 de outubro de 2007, que resolvi publicar meu blog na plataforma do blogspot, super discretamente, colhendo aqui e ali algumas pessoas que se reuniam em torno do meu trabalho...
Adriana GarciaCarmen Teixeira, Paulinha de Salta, Ney Lee, Conceicao MachadoManoel Vila NovaAndrezinho Possi, Luziane, ....... e assim, de grão em grão construímos uma relação tão quente, tão propícia, que casamentos aconteceram entre membros do blog, encontros físicos - tivemos 3, com pessoas do Brasil todo.
E o mais gratificante, foi perceber que apesar das diferenças de gêneros, sotaques, idades, lá no fundo do coração, todos nós Zizianos somos feitos de uma mesma substância. Nos emocionamos "alcançando" um sentido intrínseco nas canções, na poesia do cotidiano, nas aspirações.... enfim, somos todos da mesma gota de amor de Deus.
Obrigada por existirem na m…