Pular para o conteúdo principal

4 de dezembro,

De volta prá casa.... muito sonada de analgésicos, antes de "capotar" lembrei que não dá para esquecer:
hoje, 4 de dezembro, é comemorado o dia desta santa liiiinda: Santa Bárbara - Iansã.

Ano passado, nesta mesma data, publiquei no Santa Izilldinha, um "carinho" para a Santa, que publico hoje aqui, para comemorarmos juntos. O que eu não queria, era que este dia passasse sem, pelo menos um, gesto na direção dela!

Meus amores, feliz 4 de dezembro à todos!



Iansã comanda os ventos.....e a força dos elementos....

Iansã, cujo soar do nome por si só, evoca coragem, audácia, ação, tem seu dia comemorado hoje: 4 de dezembro.
No candomblé dedicam-lhe cores e flores diferentes das que lhe são dedicadas na umbanda, mas os atributos, lá ou cá, são os mesmos: é o Orixá feminino representado pela força dos raios e relâmpagos.
E que força! E que beleza!
A transparência de gestos e intenções, a presença que não se omite e pelo contrário, resolve todo e qualquer conflito diretamente - através de ataque frontal se for preciso: estas são as pilastras básicas do "modus operandi" do raio, do relâmpago, de Iansã, e dos humanos sob sua égide.
Particularmente, tenho o orgulho de ser um deles, e uma enorme admiração por este elemento poderoso que "acorda" e clareia tudo.
Acredito que mais do que nunca, precisamos de muitos relâmpagos nos sacudindo , iluminando e acordando da nossa adormecida ou anestesiada condição de impotência, para um "modus operandi" íntegro, que dispense de uma vez por todas, os fantasmas da violência, da mediocridade e da involução.

EPA HEI OYÁ! EPA HEI IANSÃ!!
ABENÇOA A TODOS NÓS, TEUSFILHOS OU NÃO,
COM TUA CLAREZA, CORAGEM E AÇÃO!


Comentários

Pat disse…
EPA HEY FILHA DE OYÁ!

Salve FILHA da Rainha dos ventos e das tempestades. OYÁ é uma Mãe que defende seus filhos com a sua espada e afugenta para bem longe os que não lhes querem bem.

Neste dia de hoje, desejo que os ventos de OYÁ abra teus Caminhos, proteja a tua Alma e alegre o teu coração.

EPA HEY!!!!
Marcos Vital disse…
Oração à Santa Bárbara -
(Padroeira contra os raios e tempestades)

Santa Bárbara, que sois mais forte que as torres das fortalezas e a violência dos furacões, fazei que os raios não me atinjam, os trovões não me assustem e o troar dos canhões não me abalem a coragem e a bravura, Ficai sempre ao meu lado para que eu possa enfrentar de fronte erguida e rosto sereno todas as tempestades e batalhas de minha vida, para que, vencedor de todas as lutas, com a consciência do dever cumprido, possa agradecer a vós, minha protetora, e render graça a Deus, criador do céu, da terra e da natureza: este Deus que tem o poder de dominar a furor das tempestades e abrandar a crueldade das guerras.
Santa Bárbara, rogai por nós!
Adriana disse…
Santa Barbara (Fatima Guedes)

Santa Bárbara dos tempos violentos
vosso rosto me aparece num clarão
quando um raio rasga
a imensa escuridão

Muitos ventos, muitos ventos
passam por meu coração
na carícia quase bruta
do poder de vossa mão
Senhora, me iluminai
Clareai meus pensamentos
Santa Bárbara
dos tempos violentos

Santa Bárbara dos tempos violentos
vosso rosto me aparece num clarão
quando um raio rasga
a imensa escuridão

Vejo em vossos elementos
a chuva não vai parar
até ter deixado limpos
meu corpo e minha alma
Dona dos meus temporais,
Senhora de olhos cinzentos,
Santa Bárbara dos tempos violentos

Santa Bárbara dos tempos violentos
vosso rosto me aparece num clarão
quando um raio rasga
a imensa escuridão

Santa Bárbara dos tempos violentos
vosso rosto me aparece num clarão
quando um raio rasga
a imensa escuridão

Besos

Postagens mais visitadas deste blog

Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil
Faço agora uma reverência aos Zizianos espalhados pelo Brasil e mundo.
Hoje, 22 de outubro de 2015, completamos mais um ano de vida!
Foi em 22 de outubro de 2007, que resolvi publicar meu blog na plataforma do blogspot, super discretamente, colhendo aqui e ali algumas pessoas que se reuniam em torno do meu trabalho...
Adriana GarciaCarmen Teixeira, Paulinha de Salta, Ney Lee, Conceicao MachadoManoel Vila NovaAndrezinho Possi, Luziane, ....... e assim, de grão em grão construímos uma relação tão quente, tão propícia, que casamentos aconteceram entre membros do blog, encontros físicos - tivemos 3, com pessoas do Brasil todo.
E o mais gratificante, foi perceber que apesar das diferenças de gêneros, sotaques, idades, lá no fundo do coração, todos nós Zizianos somos feitos de uma mesma substância. Nos emocionamos "alcançando" um sentido intrínseco nas canções, na poesia do cotidiano, nas aspirações.... enfim, somos todos da mesma gota de amor de Deus.
Obrigada por existirem na m…