Pular para o conteúdo principal
Segue uma estória muuuuuuuuito boa, enviada pelo nosso Evaldo, para o dia das Mães.


Uma mulher foi renovar a sua carteira de motorista.
Pediram-lhe para informar qual era a sua profissão.

Ela hesitou, sem saber bem como se classificar.

"O que eu pergunto é se tem um trabalho", insistiu o funcionário.
"Claro que tenho um trabalho", exclamou ."Sou mãe".
"Nós não consideramos "mãe" um trabalho.”
Vou colocar "Dona de casa", disse o funcionário friamente.

Não voltei a lembrar-me desta história até o dia em que
me encontrei em situação idêntica.

A pessoa que me atendeu era obviamente uma funcionária de carreira, segura, eficiente,
dona da situação, perguntou: Qual é a sua ocupação?

Não sei o que me fez dizer isto, as palavras simplesmente saltaram-me da boca para fora.

"Sou Doutora em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas."

A funcionária fez uma pausa, a caneta de tinta permanente a apontar para o ar e olhou-me como quem diz que não ouviu bem.

Eu repeti pausadamente, enfatizando as palavras mais significativas. Então reparei, maravilhada, como ela ia escrevendo, com tinta preta, no questionário oficial.

Posso perguntar, disse-me ela com novo interesse, o que faz exatamente?
Calmamente, sem qualquer traço de agitação na voz, ouvi-me responder:

"Desenvolvo um programa a longo prazo (qualquer mãe faz isso), em laboratório e no campo experimental (normalmente eu teria dito dentro e fora de casa). Sou responsável por uma equipe (minha família), e já recebi quatro projetos ( todas meninas).

Trabalho em regime de dedicação exclusiva (alguma mulher discorda???), o grau de exigência é em nível de 14 horas por dia (para não dizer 24 horas).

Houve um crescente tom de respeito na voz da funcionária que acabou de preencher o formulário, se levantou e, pessoalmente me abriu a porta.

Quando cheguei em casa, com o título da minha carteira erguido, fui recebida pela minha equipe:
uma com 13 anos, outra com 7 e outra com 3 anos. Do andar de cima, pude ouvir o meu novo
experimento (um bebê de seis meses), testando uma nova tonalidade de voz.

Senti-me triunfante!

Maternidade... que carreira gloriosa!

Assim, as avós deviam ser chamadas

"Doutora-Sênior em Desenvolvimento
Infantil e em Relações Humanas".
As bisavós: "Doutora- Executiva- Sênior".
E as tias: "Doutora - Assistente".


Uma homenagem carinhosa a todas as mulheres, mães, esposas, amigas, companheiras.

Doutoras na Arte de fazer a vida melhor !!!



Evaldo Abineder
http://estudiodeculinaria.blogspot.com/

Comentários

caca disse…
ZIZIZINHA,LINDA MÃE DO DIA,PARABÉNS!

VOCÊ QUE TEM UMA FILHA MARAVILHOSA, LINDA,ESPECIAL, PORQUE VOCÊ FOI E
É UMA MÃE PRESENTE ,ESPECIA.MESMO QUANDO ESTEVE AUSENTE POR CAUSA DO SEU TRABALHO,SOUBE SER AMIGA , DEU SEGURANÇA.CRIOU UMA FILHA INDEPENDENTE,COM PERSONALIDADE PRÓPRIA,CARINHOSA E MUITO FELIZZZZZZZ,SEM FALAR DO QUE NÃO SEI... DEU NISSO, UMA MÃE AMADA,UMA
FILHA CRIADA ,BEM CRIADA!!!



COM CARINHO,CARMINHA.
caca disse…
EVALDO,ADOREI O SEU TRATADO
SOBRE AS MÃES.

PURA VERDADE,MÃE EXERCE TODAS AS
FUNÇÕES,À QUALQUER HORA,EM QUALQUER
EMERGÊNCIA,EM QUALQUER QUALQUER...


EU NÃO TENHO FILHOS,NÃO ACONTECEU,MAS
SEMPRE TIVE A MATERNIDADE EXERCIDA,
SEMPRE ME SENTI AMADA POR VÁRIAS CRIANÇAS PARA AS QUAIS DEI AULA, E TENHO UM AFILHADO MAIS QUE FILHO,MUITO AMADO!! FILHO DA MINHA
AMIGA IRMÃ.ELE, DESDE QUE APRENDEU A FALAR ME CHAMA DE CACÁ E NÃO PERMITE
QUE EU NÃO ME IDENTIFIQUE ASSIM. SEMPRE DIZ:VOCÊ É A MINHA CACÁ!!

HOJE ELE É ADULTO, UM LINDO E AMADO FILHO,PRA O QUE DER E VIER!!!MEU MARCELO!!!

PASSEI O DIA DAS MÃES COM A MINHA!!!


DEIXO UM BEIJO ESPECIAL PARA AS MÃES DE TODOS!!!

ACHO QUE ESSE PENSAMENTO CABE
MUITO PARA AS MÃES,POR ISSO
O DEDICO À ELAS:


" O amor verdadeiro não requer;

ele dá sem exigir."

com carinho,Carminha.
Marcos Vital disse…
gente, acabei de acordar e pulei da cama pra contar pr`oces o que acabei de sonhar:

Sonhei que a Zizi cantava "Fera ferida" junto com o Roberto, tava tudo tao lindo gente, o Roberto, a voz da Zizi, cantando de uma forma tao intensa, apxonada, ferida mesmo...o arranjo, a letra da musica, enfim tudo parecia tao perfeito, que vou voltar a dormir, e quem sabe sonhar com essa maravilha de novo...


Acabei com tudo
Escapei com vida
Tive as roupas e os sonhos
Rasgados na minha saída...

Mas saí ferido
Sufocando meu gemido
Fui o alvo perfeito
Muitas vezes
No peito atingido...

Animal arisco
Domesticado esquece o risco
Me deixei enganar
E até me levar por você...

Eu sei!
Quanta tristeza eu tive
Mas mesmo assim se vive
Morrendo aos poucos por amor
Eu sei!
O coração perdôa
Mas não esquece à tôa
E eu não me esqueci...

Não vou mudar
Esse caso não tem solução
Sou Fera Ferida
No corpo, na alma
E no coração...(2x)

Eu andei demais
Não olhei prá trás
Era solto em meus passos
Bicho livre, sem rumo
Sem laços!...

Me senti sozinho
Tropeçando em meu caminho
À procura de abrigo
Uma ajuda, um lugar
Um amigo...

Animal ferido
Por instinto decidido
Os meus rastros desfiz
Tentativa infeliz
De esquecer...

Eu sei!
Que flores existiram
Mas que não resistiram
A vendavais constantes
Eu sei!
Que as cicatrizes falam
Mas as palavras calam
O que eu não me esqueci...

Não vou mudar
Esse caso não tem solução
Sou Fera Ferida
No corpo, na alma
E no coração...(2x)

Sou Fera Ferida
No corpo, na alma
E no coração...(2x)
Marcus Kemps disse…
Zizi meu amor

Passei pra deixar um beijo de boa noite e um Feliz Dia das Mães... Extensivo a todas mães zizianas!!!

Um abraço bem apertado!

Marcus Kemps do Recife
Manoel Vila Nova disse…
Minha muito amada Ziziana-Mater, "mãe" responsável por todos esses Zizianos que habitam o mundo,

Em primeiro lugar quero desejar um super feliz Dia das Mães pra você, pras mães de todos os companheiros Zizianos e para as próprias mamães Zizianas também.

Segundo, quero dizer que delirei de tanto rir com a enquete feita aqui no Blog sobre o meu paradeiro. Ziziano de pedigree tem um "gen delirante" no código genético, concorda, minha Zi ??? Vocês todos são muito phophos (com PH mesmo, pra não quebrar o modelo gramatical que vc mesma implantou aqui, Zi...rsrsrsrs).

Tenho andado sumido mesmo, pois a vida aqui no Brasil (por incrível que pareça) tem sido muito mais agitada que a dos EUA. Lá, era eu por mim mesmo, quase não tinha amigos, vida social, enfim, e a nossa necessidade humana de se juntar ao seu "grupo-identidade" me fazia ficar grudado ao Blog, que foi um ponto de apoio muito importante pra mim enquanto estava lá, vale ressaltar. Caso contrário, acho que poderia ter surtado que nem alguns americanos fazem de vez em quando.

Desde que cheguei em Recife, fiz uma reflexão profunda sobre o que eu quero agora na minha vida e decidi: estabilidade. Estou com mais de 30 anos (aquele menino franzino cresceu, minha Zi..rsrsrs) e ainda não construí nem lancei as bases de nada palpável e concreto ($$$$) de algo que vá me dar segurança na minha velhice. Gráças a Deus ainda tenho meus pais (que me dão muito suporte), mas não sei até quando, né ? A maturidade tem me feito pensar muito nisso e é uma coisa que todos passam a pensar mesmo, não tem pra onde correr. Diante disso, analisei vários caminhos e decidi que vou agora estudar (muuuuito, por sinal, tem sido dia e noite) para me tornar um funcionário público federal (será que eu me rendi ao sistema, Zi ??? que medo....). Brincadeiras à parte, isso é algo que tenho focado bastante desde então e eu prometo (palavra de Ziziano) que vou ser um funcionário público íntegro, correto nos procedimentos e não vou lesar os contribuintes quando estiver exercendo meu cargo.

Minha Zi e queridos Zizianos, eu amo vocês e estou por dentro de tudo o que está acontecendo no Blog, não se preocupem. Estou sabendo de tudo sobre o DVD, do especial com Roberto Carlos, do show da Luiza, de tudo. Sempre dou uma olhadinha no nosso mundinho virtual e converso com alguns companheiros Zizianos fora daqui também.

Quero dar um beijão em todos vocês e dizer que algum dia nós temos que criar vergonha na cara e marcar um encontro pra todo mundo se conhecer, não é mesmo ? Já tá na hora !!!

Beijão BEEEEEMMMM GRANDÃO EM todos vocês.

Se cuidem,
Manoel.
Manoel Vila Nova disse…
Outra coisa, minha Zi,

Ontem estava tomando café-da-manhã, sintonizado na Rádio Tribuna, uma boa rádio aqui de Recife. Daí, a grade de programação de MPB daquele horário foi encerrada com vc cantando "Menino de Braçanã", ficou tão bonitinho, como se você estivesse se despedindo do horário em nome de todos os outros cantores que por ali também passaram. Ficou uma graça, mesmo.

Dali, "viajei" e me lembrei de um momento delicioso quando, em Maio de 2006, você esteve aqui em Recife para a comemoração dos seus 30 anos de carreira e eu pude assistir a você passando o som algumas horas antes do horário marcado pro show, lá no teatro da UFPE. Não sei se ainda lembra, você estava encantada com o som do piano do teatro e, num determinado momento, até brincou com os músicos dizendo "gente, acho que vou mudar de ideia e fazer um show só com piano e voz"...rsrsrs. Daí então você se encosta ao piano e solta um "Luiza" (sem o auxílio do microfone) só acompanhada pelo Jethão... haja coração, meu Deus... e aquela passagem de som pra mim já tinha valido pelo show inteiro que ainda ia acontecer "oficialmente". Aquele foi o último dia que te vi até hoje, minha Zi, veja que maldade.... Um passarinho me contou que talvez você aterrize por aqui ainda em Agosto deste ano com o projeto do Cantos e Contos...espero que ele esteja certo.

Um beijão imenso, viu ? De um Ziziano para sempre apaixonado.

Com carinho,
Manoel.
Tom disse…
Primeirissimo... UM FELIZ DIA DAS MÃES NÃO-TÃO-ATRASADO, porque DIA DAS MÃES É TODO DIA!!!
Puxa, eu amei o texto, Zi!!! Já minha mãe apenas comentou que os dois experimentos dela quase destroem o laboratório - imagine se fossem quatro... quanta maldade naquele coração... snif...
Segundíssimo: Manoel, cara... Feliz aniversário atrasadíssimo pra ti, hehehehe... Um grande abraço... e olha... eu me identifiquei com cada letrinha que você escreveu em seus comentários! É meio duro se sentir só na multidão... vira uma maravilha quando se retorna à terrinha onde se cresceu - e olhe que eu nem fui tão longe, hehehehe.
Ah, se Zizi for, mesmo, a Recife, eu volto praí de mala e cuia!!! huhuhuhuh
Um grande abraço pra ti e pra todos os outros Zizianos!
Aliás, vou deixar aqui meu singelo contato - se Zizi deixar, lógico ^^! aeff.tom@gmail.com (e-mail) e aeff_tom@hotmail.com (msn) - sempre que posso, estou fazendo serão na net entre um projeto e outro, certo, galera? Será um prazer trocar um blah com todos! ^^
Beijos para os de beijos; abraços aos de abraços; apertos-de-mão aos mais formais; um beijãozão pra Zizi e biscoitos Scooby aos mascotes, que é tudo de bom.com.br! ^^
Adrianita disse…
Oi povo!


Manolo!!!Você voltou meu companheirinho!A gente já não sabia mais o que fazer pra chamar sua atenção...
Que saudade!

Beijão e bom estudo!
pau_argentina disse…
Manoelito!!!!! Você é estudante deve saber o que é estudar em tempo récord um monte de informação, né? E deve saber que quando o momento de tensão passa, o corpo fica beeeem mole e a cabeça beeeeeem morta, rs! Mesmo assim, a Adriana disse que você tinha comentado aqui e TINHA que vir pra conferir os seus "bons motivos" pra sumir daqui...por sinal, nem foram tão bons assim, rs!
Brincadeiras à parte, menino, é muito gostoso saber que você está bem e que está encontrando o seu rumo. Nós, vamos continuar por aqui, quando der dê um pulinho, tá?
Torço de coração por você!

Mil besos, nene!
Lusiane disse…
Ahhhhh.. eu adorei a histórinha!

Atrasado, mas não com menos carinho... Um beijo pra todas as mães que passam por aqui! Pra mãe de todo mundo...

Elas são importantes...
Lusiane disse…
Marcos... EU TE ODEIO!!!

Nada contra tu sonhar essas coisas.. mas SOFRA SOZINHO!!! Agora tô eu aqui só imaginando o quão bom seria ouvir Zi cantar Fera Ferida! Ainda mais que eu já ouvi essa música muuuitas vezes hoje de manhã.. mais uma coincidência! :D

Beijinhos!

PS: aos poucos eu vou me atualizando!!!
Marcos Vital disse…
Lusiane menina, que péssimo saber que o meu sentimento por voce nao é reciproco ;-)

Pois é, foi tao lindo dormir, e sonhar com a Zizi cantando "Fera ferida...

Sei, e sabemos do que a Zizi Possi é capaz de fazer com uma letra e uma melodia, porém vou te contar menina, tava lindo até demais, até mais do que podia querer sonhar de uma interprete como a Zizi...

To falando isso sò pra ver se a Zizi resolve cantar "Fera ferida pra me provar que pode fazer bem mais lindo ainda do que eu, bobinho, ousei sonhar ;-)
Marcos Vital disse…
Oi LUSI,

Antes quiz dizer, que pèssimo foi pra mim saber que o seu sentimento por mim nao era reciproco ;-)
Lusiane disse…
Aiiii Marquitos!

Minha rebeldia é porque eu sóoooo imagino como isso ia ficar lindo... com o dom que essa cantora tem de deixar o que já é bom PERFEITO... ISSO É MUITA TORTURA!!!

Marck, da próxima vez grava o áudio do sonho?????

Postagens mais visitadas deste blog

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil
Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Mistério revelado

Que bacana vocês terem aprovado o verde de fundo do blog.
É em homenagem à nossa escolha por maioria, ao partido verde, que na verdade com ou sem partido, é a cor de fundo das escolhas dos nossos corações, não é mesmo?

Um blog que reúne pessoas que amam animais, vegetais e minerais, música, arte e verdade, é no mínimo ecológico e ético, certo people?

Então, vou contar para vocês sobre o mistéééério que me levou ao planalto central.

Uma amiga comentou há algumas semanas, que um grupo de amigos estava com vontade de ir à Abadiânia - cidade do interior do estado de Goiás, para ser vista pelo médium João de Deus, a quem é atribuído grande poder de cura das mais diversas doenças.

Vi na minha agenda que naquele final de semana eu estaria com tempo livre, e resolvi me juntar ao grupo, uma vez que nos últimos anos tenho me sentido um "mostruário" de males que a medicina tem pouco ou nenhum jeito eficiente de tratar. Alguns não têm nem diagnóstico..... já passei por tantos hospitais, médi…