Pular para o conteúdo principal
Pessoas queridas,

Este vídeo me serenou.... o bicho parece gente.....
Com carinho, para vocês

Comentários

Anna Lígia disse…
Meu Deus! Eu vi vários conhecidos ao assistir esse video. Quer dizer, vi o gatinho, mas era como se estivesse vendo algumas pessoas. hahahahahaha

Demais!!

P.S.: E o engraçado é o rabinho que ainda fica balançando!


Uma terça-feira iluminada pra ti, Zizi!!
jwadson disse…
E por falar no Show "Elas Cantam Roberto" seguem alguns comentários/notícias que colhi na Internet...
...
Há bons momentos para recordar: a elegância de Zizi Possi em "Proposta", a interpretação emocionada de Wanderléa para "Você Vai Ser o Meu Escândalo", a presença e a voz imponente de Ana Carolina cantando "Força Estranha", a grandeza de Nana Caymmi em "Não Se Esqueça de Mim", e a sinceridade de Adriana Calcanhotto --que dispensou a orquestra para assumir o banquinho em formato voz e violão-- ao mostrar "Do Fundo do Meu Coração"...
...
Ficou nítido que o show foi pensado para o palco sem pouca adaptação para a televisão. O repertório foi bem escolhido e fez um resumo dos 50 anos da carreira de Roberto Carlos. Ana Carolina, Nana Caymmi e Zizi Possi foram as divas que chamaram mais atenção do telespectador.
Os dados preliminares apontam que o especial “Elas Cantam Roberto” fechou com 17 pontos de média, com picos de 20.
jwadson disse…
E por falar no Show "Elas Cantam Roberto" seguem alguns comentários/notícias que colhi na Internet...
...
O Péssimo e desrespeitoso padrão Globo de qualidade

Todo mundo sabe que a Rede Globo, há uns bons anos, mantém na TV o que eles chamam de “padrão Globo de qualidade”. O tal padrão e os altos executivos da emissora foram responsáveis por arrancar, sem mais nem menos, as participações de Marina Lima, Mart´nalia, Paula Toller, Adriana Calcanhotto, Rosemary e Celine Imbert da edição final do especial ‘Elas Cantam Roberto’, um dos shows mais legais do ano, exibido no fim da noite deste domingo.
Com a precisão chantagista e desonesta da emissora, cortes e edições grotescas rodearam todo o programa. Apresentações de Luiza Possi, Zizi Possi, Wanderléa e Daniela Mercury foram reduzidas. Quando a maioria delas cantou duas canções, apenas uma foi exibida, com os devidos efeitos de “fade in” (aquela transparência na tela) para cortar as músicas no meio.
Surpreendente mesmo foi não ver ícones dos anos 80, 90 e 2000 na telinha. Descartadas de forma brutal, sem qualquer explicação da Globo. Ter que agüentar as detestáveis Claudia Leitte (a pior e mais insuportável musa neo-evangélica religiosa do axé) e Sandy (que até não me irritaria muito, se não fosse esse erro absurdo) aparecerem na telinha em posição de destaque foi o fim. E não desmerecendo o lugar delas, mas se Marina e Mart´nalia não tem espaço, entre outras, pra que colocar essas daí? O melhor é não exibir, certo?
A presença de Ivete - que apareceu duas vezes - me faz ter ainda mais implicância. Eu sei que ela faz sucesso em um grupo gigantesco de pessoas sem critério, mas qualquer indivíduo com um simples afino musical sabe que dar tanto espaço a ela não faz sentido.
No entanto, temos que tirar o chapéu para a participação de Hebe, que teceu seus comentários e ainda fez um show estupendo. Ela sim, posso dizer, que é acima do bem e do mal. E não adianta os neo-modernos quererem achar que as cantoras que faltaram são cafonas. Acima de Claudia Leitte, Ivete Sangalo e Sandy, a importância musical dessas mulheres é maior que qualquer movimento anti-MPB das antigas possa ter. Com isso, não me admira que a Rede Globo tem perdido tanta audiência para programinhas de quinta categoria de outras emissoras.
Esse é o Brasil que a gente tanto ama.
Site cultureba.com.br
jwadson disse…
E por falar no Show "Elas Cantam Roberto" seguem alguns comentários/notícias que colhi na Internet...
...
Percebe-se inclusive, pela edição, que a ordem das músicas não foi a do show: “A noite começou com Hebe Camargo interpretando Você não sabe” é o que diz o site oficial do cantor. Isso não tira o brilho das cantoras que apareceram, algumas até duas vezes, como Ivete Sangalo. Mas Wanderléa também tinha cantado sozinha, Daniela Mercury idem, e essas gravações não foram exibidas.
Seja como for, entre o canto tecnicamente apurado (como Sandy), a dramaticidade grandiosa (como Marilia Pera) e a emoção à flor da pele (como Alcione, Nana Caymmi e Hebe Camargo), é bom ver uma parcela generosa das grandes cantoras da MPB de todos os tempos. Ainda que se sinta falta de nomes como Maria Bethânia, Gal Costa e Marisa Monte, e ainda fiquemos pensando no que seria a performance da saudosa Cássia Eller cantando Roberto, é bom rever nomes que andam sumido das emissoras (até por falta de programas musicais de qualidade), como Zizi Possi, e outros expoentes mais recentes adaptando-se a um estilo que não é o seu, como na excelente performance de Ana Carolina, ou fazendo o contrário, adaptando um clássico a seu estilo pessoal, como no caso de Fernanda Abreu.
Mas ficou o gosto de “quero mais” ou, mais precisamente, “um presente pela metade”. Certamente, o objetivo é que o público corra para as lojas para comprar o DVD.

...
Globo corta cantoras e cria mal-estar

Das 20 mulheres que participaram do show "Elas Cantam Roberto", gravado pela Globo no Teatro Municipal, em São Paulo, seis foram cortadas pela Globo, neste domingo. Marina Lima, Paula Toller, Adriana Calcanhotto, Rosemary, Mart'nália e Celine Imbert apareceram apenas no final do show, cantando com as outras ao lado de Roberto Carlos. A Globo diz que foi uma decisão artística. Ma as cantoras não entenderam e ficaram chateadas. Ivete Sangalo apareceu cantando duas músicas. Marina Lima e Adriana Calcanhotto foram as que mais se incomodaram. Pessoas que trabalham com Roberto Carlos também não gostaram. Ele queria que todas tivessem entrado.

www.folha.com.br

....
Só mais uma sobre o show que reuniu Roberto Carlos e 20 cantoras no Teatro Municipal de São Paulo, nessa terça-feira.
Assim que as cortinas se fecharam para o público, todo o elenco se juntou ali mesmo no palco para fazer a foto de capa do DVD que virá em breve. Enquanto todas se ajeitavam na posição que o fotógrafo indicou, ouviu-se a voz do Rei, entre encabulado e divertido: "Hebe, dá pra tirar a mão da minha bunda?". A gargalhada foi geral.
Decepcionante, ainda que delicioso. Está a definição mais próxima do que sentiram os que assistiram a “Elas Cantam Roberto” no tão tarde horário dominical no qual o especial foi transmitido pela Rede Globo, logo após o Fantástico. Tantas grandes cantoras, tantas músicas inesquecíveis e... o especial é apresentado pela metade. Cadê os números de Marina Lima, Adriana Calcanhotto, Mart’Nália, Rosemary e tantas outras que apareceram apenas no grupo final, junto com Roberto ?
Marcelo disse…
Parece gente mesmo, só faltava estar numa cadeira de balanço e fazendo croche rsrsrsrsrs.
Grande abraço Zizi.
ai que lindo esse gatinho, rs
Lusiane disse…
ahahahah que figura esse gato!!!

Falando nisso.. vou adotar um por esses dias!!! Aliás, umA!
caca disse…
ESSE GATINHO ME PARECEU ESTAR

NESSA POSTURA PARA MEDITAR!!SÓ
O RABO QUE ESTAVA UM POUCO BALANÇANTE!!

BELO GATINHO,BEIJINHOS DA CARMINHA.
Adrianita disse…
Adorei o bichano!!!
Lusi ÓTIMA aquisição!!!Você vai ficar encantada com um felino em casa...pergunta pro Marquinhos como é bom!


beijos em
Adrianita!
Tom disse…
GEEEENTCHEM!!!
Meldels,comofas???
Quem foi que me filmou e botou o vídeo na net sem a minha autorização???
Não pode, não pode, NÃO PODE!!! huhuhuhuh

Postagens mais visitadas deste blog

Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil

Mistério revelado

Que bacana vocês terem aprovado o verde de fundo do blog.
É em homenagem à nossa escolha por maioria, ao partido verde, que na verdade com ou sem partido, é a cor de fundo das escolhas dos nossos corações, não é mesmo?

Um blog que reúne pessoas que amam animais, vegetais e minerais, música, arte e verdade, é no mínimo ecológico e ético, certo people?

Então, vou contar para vocês sobre o mistéééério que me levou ao planalto central.

Uma amiga comentou há algumas semanas, que um grupo de amigos estava com vontade de ir à Abadiânia - cidade do interior do estado de Goiás, para ser vista pelo médium João de Deus, a quem é atribuído grande poder de cura das mais diversas doenças.

Vi na minha agenda que naquele final de semana eu estaria com tempo livre, e resolvi me juntar ao grupo, uma vez que nos últimos anos tenho me sentido um "mostruário" de males que a medicina tem pouco ou nenhum jeito eficiente de tratar. Alguns não têm nem diagnóstico..... já passei por tantos hospitais, médi…