Pular para o conteúdo principal
O pai de meu pai, Giuseppe Possi, veio da Itália não como imigrante, mas como um homem apaixonado, que teve de escolher entre um grande amor ou a família.
Apaixonou-se por Clotilde, uma dançarina de cabaret, que tocava castanholas lindamente, e que correspondeu à paixão de meu avô.
Mas a família dele jamais aceitaria esta união, e ameaçou mandá-lo para o Brasil - sina que ele aceitou imediatamente, pois não suportaria viver perto da amada, sem poder assumi-la.
Veio para o Brasil construir estradas de ferro, com uma dor no coração e um par de castanholas, que uma de minhas tias guardou até recentemente.

Conheceu minha avó no Brasil, tiveram 9 filhos - o caçula é meu pai.
A segunda filha do casal, recebeu o nome de Clotilde.
Foi com ela que as castanholas ficaram.

Toda a família já se foi, e meu pai está à caminho de encontrá-los.

Fiquei muito emocionada quando a Iracema me enviou um email com o vídeo que posto o link àbaixo.
Este vídeo me mostrou pela primeira vez ( eu nunca tinha assistido uma apresentação assim!) o que é uma solista de castanholas.

Deslumbrante!
Esta solista em especial, sente o ritmo em seu corpo todo. A intensidade, dinâmica e interpretação que imprime, é algo realmente tocante - que só uma grande artista sabe fazer acontecer.
Dá para assistirmos a energia do som serpenteando seu corpo, sua respiração, e um momento mágico acontece.
É lindo!

Bom, toda a introdução desta postagem, faz um link importante para mim.
Não sei se Clotilde da Itália, era uma solista do porte de Lucero Tena.
Mas o coração de meu avô ficou, literalmente, nas suas mãos.

Depois deste vídeo, ficou mais fácil para mim, imaginar um pouco da magia que lhe envolveu.

Queridos, espero que curtam muito a Sra. Lucero Tena, solando uma ária
Intermedio. La boda de Luís Alonso.
Cliquem e confiram.
Com todo o meu carinho, para vocês.

Comentários

caca disse…
Zizizinha querida,
bom dia!!
Que linda essa história do seu avô!!
Lindíssima essa apresentação,realmente de corpo e alma,com o coração nas mãos!!!

Amiga,tenha um dia tranquilo,na medida do possível,fique em paz,e lembre-se:Estamos aqui,para o que você precisar- sempre nas orações,
sempre com muito amor por você!!
Que Deus te cuide e ilumine!!
Beijos no coração!!
Carminha.
caca disse…
ANDREZINHO POSSI!!!!

LOGO DE MANHÃ,BOMMMMM DIAAAAAAAAA,FELIZZZZZZ ANIVERSÁRIO,MUITA LUZ,PAZ,SERENIDADE,SAÚDE,SABEDORIA,
TODA A ALEGRIA QUE COUBER NO SEU CORAÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
PARABÉNNNNNNNNNNNNNASSSSSSSSSSSSSSSS!!

BEIJOS,MILHARES!!
COM CARINHO,CARMINHA
Cris Zampiere disse…
Muito lindo, toda danca que é feita com o coração fica assim apaixonante, esta soube bem fazer isto!!
Cris
Sanbahia disse…
Zizi, grata pelo presente. Sra. Lucena é simplesmente maravilhosa!
Emocionei-me muito com a linda hstória de amor do seu avô.Grata mais uma vez por essas duplas emoções.
Abraços sinceros e saúde para você e seu pai.
Mãe Maria lhe ilumine.
Adrianita disse…
Oi dear!Oi pessoal!

Adorei o vídeo e a história de amor!

Dear,espero que teu pai esteja com o coração em paz e que este caminho seja pra ele o menos doloroso possível.

Hoje vim rapidinho aqui,logo meu trem vai partir!
Não podia deixar de escrever que

HOJE TEM FESTA NO BLOG!Teremos bolo,sanduiche de mortadela e pastel de bacalhau!
Andrezinhoooooooo,feliz,feliz,feliz
aniversário.Deus te proteja,sempre!

Um beijo em todos
Adrianita!
Lúcia disse…
A história do pai do seu pai daria um excelente enredo de um filme ou novela.
M@rquinhos Vit@l disse…
"noite alta, céu risonho, a quietude é quase um sonho, o luar cai sobre a mata, qual uma chuva de prata, de rarissimo esplendor, sò tu dormes nao escutas, o teu cantor"

Hoje tava lembrando do dia em que ouvi essa musica pela primeira vez, foi hà alguns anos atràz quando estive no brasil de férias, ao assistir o filme "madame satan"...somente sei que comecei a chorar enquanto a musica tocava, sai do cinema em silencio, ao mesmo tempo que tentava me lembrar de que momento de minha vida conhecia aquela musica, pois ao ouvi-la tive uma sensaçao triste, uma vontade de chorar profunda...

Eu fui pra casa dormir, e meu amigo resolveu dar uma esticadinha na noite depois do cinema. No caminho de volta da balada, por volta das 5 horas da manha, ele resolveu parar na unica barraca de coco que encontrou aberta pelo caminho, o senhor, dono da barraca, um imigrante italiano, lhe fora muito simpatico, e claro pelo fato do meu amigo ser um imigrante brasileiro na italia, tiveram muito sobre o que falar...

Num momento qualquer da conversa, o senhor italiano, poe um cd do Vicente Celestino pra tocar, e a musica que abria o cd era "NOITE CHEIA DE ESTRELAS", a mesma musica do filme, o meu amigo ficou imensamente surpreso, e a primeira coisa que fez foi oferecer o dinheiro que o senhor quizesse pelo cd...

Oferta bem sucedida, segue o meu amigo com o cd debaixo do braço, sem ver a hora de chegar em casa e por pra tocar a tal musica que mexeu comigo de uma forma que nem mesmo eu consegui explicar naquele dia...

O meu amigo chegou em casa por volta das 6 horas da manha, eu ainda estava dormindo e ele aproveitou pra por o cd pra tocar no quarto onde eu dormia, e saiu de novo de fininho, ao ser despertado ao som daquela musica, achei mais que estava sonhando, imaginem entao a surpresa e até mesmo o susto que tomei quando abri os olhos e constatei que a musica vinha dali, de bem pertinho, do aparelho de som - que por nao ter visto meu amigo entrar no quarto - achara que tinha se ligado sozinho...

Ao final da musica, o meu amigo entrou no quarto e me contou sobre como e onde encontrara o cd, e que nao podia jamais ter deixado de me fazer tal surpresa, uma vez que percebera a importancia que essa musica teve-tinha-teria em minha vida...

Logo depois que voltei do Brasil, conheci uma senhora que era mestra em "chinesiologia" - nao sei se algum de voces jà ouviu falar, porém foi atravèz da nobreza e sabedoria dessa senhora que fiz "regressoes" que me fizeram voltar momentos no meu tempo...me vi nascer, renasci e descobri de que momento da minha vida vinha a lembrança de ter ouvido aquela musica, que pensara estar ouvindo pela primeira vez...

Desde essa descoberta sonho muito que a amada ZIZI interprete essa musica, pra eternizà-la no meu coraçao.

Zizianos unidos, me ajudem a pelo menos tentar convence-la :-))))))))
Parabenizo o Blog,e tenho muita admiração por sua arte de cantar e encantar quem a escuta.Beijos e Sucesso Sempre.Sua fã.
betonoia disse…
Concordo com a LÚCIA que a história daria um excelente enredo de filme ou novela.
No meu delírio já imaginei um "Per amore" numa versão alternativa em que contaria a história do seu Giuseppe se ele tivesse casado com Clotilde. Chama o Zé Possi aí Zizi. rs.
Ao cair na real, percebi que se essa história tivesse dado certo, o seu Giuseppe teria ficado na Itália e, nesse caso, nós brasileiros, não poderíamos contar com a rica musicalidade da nossa PICCERILLA.

Beijos. BETO NOIA
M@rquinhos Vit@l disse…
gente, esqueci de mencionar no meu post, porque que lembrei de escrever sobre a musica "noite chei de estrelas depois que li o post acima da Zizi, é que o senhor da barraca de coco, que tinha e ouvia o cd do Vicente Celestino, se chamava "pepe", que creio eu é um apelido carinhoso para aquele que se chama Giuseppe na Italia, como o senhor Giuseppe Possi, e claro esse senhor pepe também tinha uma historia de amor linda pra contar...
ZIZI e zizianos
força sempre, orações no coração e na alma, que seu pai esteja muito bem, hj e sempre, e a vc zizi que todos os anjos te deem força e coragem para superar todos os obstaculos,
abraços

Postagens mais visitadas deste blog

Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil
Faço agora uma reverência aos Zizianos espalhados pelo Brasil e mundo.
Hoje, 22 de outubro de 2015, completamos mais um ano de vida!
Foi em 22 de outubro de 2007, que resolvi publicar meu blog na plataforma do blogspot, super discretamente, colhendo aqui e ali algumas pessoas que se reuniam em torno do meu trabalho...
Adriana GarciaCarmen Teixeira, Paulinha de Salta, Ney Lee, Conceicao MachadoManoel Vila NovaAndrezinho Possi, Luziane, ....... e assim, de grão em grão construímos uma relação tão quente, tão propícia, que casamentos aconteceram entre membros do blog, encontros físicos - tivemos 3, com pessoas do Brasil todo.
E o mais gratificante, foi perceber que apesar das diferenças de gêneros, sotaques, idades, lá no fundo do coração, todos nós Zizianos somos feitos de uma mesma substância. Nos emocionamos "alcançando" um sentido intrínseco nas canções, na poesia do cotidiano, nas aspirações.... enfim, somos todos da mesma gota de amor de Deus.
Obrigada por existirem na m…