Pular para o conteúdo principal

Muuuuuito pertinente e bem sacado

People, este texto que multiplicarei com vocês agora, me chegou em mãos como tendo sido escrito por Arnaldo Jabor, mas não tenho confirmação desta autoria.
Anyway, o texto é lindo e muito bem sacado!
Então, merece estar por aqui, conosco, no blogdaZizi.
Com muito carinho, para vocês;

REPUTAÇÃO E CARÁTER


As circunstâncias entre as quais você vive determinam sua reputação.

A verdade em que você acredita determina o seu caráter.

A reputação é o que acham que você é.

O caráter é o que você realmente é...

A reputação é o que você tem quando chega a uma comunidade nova.

O caráter é o que você tem quando vai embora...

A reputação é feita em um momento.

O caráter é construído em uma vida inteira...

A reputação torna você rico ou pobre.

O caráter torna você feliz ou infeliz...

A reputação é o que os homens dizem de você junto à sepultura.

O caráter é o que os anjos dizem de você diante de Deus.



Arnaldo Jabor

Comentários

Cris Zampiere disse…
Bom dia minha querida Zizi, adoro quando voce coloca estes textos ,além de lindos eles nos levam sempre a profundas reflexoes.
Beijos e que bom que pode estar perto de nos, voce sempre faz muita falta.
Cris
Adrianita disse…
Oi dear! Que bom este bate e volta!
Então faz assim...bate mas NÃO volta!rs!
Lindo este texto!Adorei.

Dear e pessoal que tristeza o que está acontecento no Haiti...ontem vi o Jabor falando que quando uma "desgraça de Deus" se sobrepõe a uma "desgraça dos homens",aí temos um verdadeiro horror.As palavras são mais ou menos essas.Corta o coração um terremoto deste tamanho num lugar onde as pessoas já não tinham nenhuma condição de dignidade.
A frase da canção de Gilberto Gil e Caetano Veloso não saí da minha cabeça "Pense no Haiti,reze pelo Haiti".
Deixo a letra toda pra vocês:

Quando você for convidado pra subir no adro da
Fundação Casa de Jorge Amado
Pra ver do alto a fila de soldados, quase todos pretos
Dando porrada na nuca de malandros pretos
De ladrões mulatos
E outros quase brancos
Tratados como pretos
Só pra mostrar aos outros quase pretos
(E são quase todos pretos)
E aos quase brancos pobres como pretos
Como é que pretos, pobres e mulatos
E quase brancos quase pretos de tão pobres são tratados
E não importa se olhos do mundo inteiro possam
estar por um momento voltados para o largo
Onde os escravos eram castigados
E hoje um batuque, um batuque com a pureza de
meninos uniformizados
De escola secundária em dia de parada
E a grandeza épica de um povo em formação
Nos atrai, nos deslumbra e estimula
Não importa nada
Nem o traço do sobrado, nem a lente do Fantástico
Nem o disco de Paul Simon
Ninguém
Ninguém é cidadão
Se você for ver a festa do Pelô
E se você não for
Pense no Haiti
Reze pelo Haiti

O Haiti é aqui
O Haiti não é aqui

E na TV se você vir um deputado em pânico
Mal dissimulado
Diante de qualquer, mas qualquer mesmo
Qualquer qualquer
Plano de educação
Que pareça fácil
Que pareça fácil e rápido
E vá representar uma ameaça de democratização
do ensino de primeiro grau
E se esse mesmo deputado defender a adoção da pena capital
E o venerável cardeal disser que vê tanto espírito no feto
E nenhum no marginal
E se, ao furar o sinal, o velho sinal vermelho habitual
Notar um homem mijando na esquina da rua
sobre um saco brilhante de lixo do Leblon
E quando ouvir o silêncio sorridente de São Paulo diante da chacina
111 presos indefesos
Mas presos são quase todos pretos
Ou quase pretos
Ou quase brancos quase pretos de tão pobres
E pobres são como podres
E todos sabem como se tratam os pretos
E quando você for dar uma volta no Caribe
E quando for trepar sem camisinha
E apresentar sua participação inteligente no bloqueio a Cuba
Pense no Haiti
Reze pelo Haiti

O Haiti é aqui
O Haiti não é aqui
Adrianita disse…
Dear, recuperei através do site do Jabor a fala dele na integra,multiplico com vocês:

A história do Haiti é um monstrengo político
qui, 14/01/10 por Arnaldo Jabor | categoria Sem Categoria :

Depois do brutal colonialismo francês, em 1804 os escravos se rebelaram e declararam a independência, chefiados por Jacques Dessalines, logo assasinado, dizem por Henri Cristophe que se coroou como um Napoleão Negro, com todas as pompas do imperador, palácios, escravos, duques.

Depois, do meio do século XIX até o século XX houve mais de 20 governantes no poder, predando o país.

Em 1915 os americanos invadiram e tomaram conta até 1934 a pretexto de defender seus interesses.

Logo depois chegou o assassino Duvalier, o Papa Doc, cercado de criminosos chamados tonton macoutes.

Foi sucedido pelo filhinho Baby Doc que era pior e ficou até1986.

Só em 1990 começou a tentativa de “democratizar” o Haiti.

Aí está o nó.

Como democratizar um país miserável analfabeto com raízes tribais africanas bárbaras, dominada por ditaduras corruptas que tiraram tudo do país?

Haiti não é aqui, mas o Haiti é uma espantosa caricatura de contradições que existem em países da América Latina.

Só que lá, tudo se passa como no fundo do inferno.

Mas Deus é culpado pela miséria absoluta do Haiti? Não. O terremoto humano de três séculos foi pior.

Existem tragédias de Deus e tragédias dos homens. Quando as duas se encontram temos o horror absoluto.
Zi querida,
lindo,lindooo...
Adorei esse texto,vou deixar guardadinho. xD
Beijooos =*
Fernanda disse…
ZIZI,realmente não sei o que dizer,
acho,que estamos passando por
tantas mudanças...mas concordo
com tudo que a ADRIANA falou.

ADRIANA,ri(para variar),com um comentário teu sobre a ZIZI e a
dificuldade de contato do paradise.....só vc ADRIANA!rs . bjs.

QUANDO,alguns minutos atrás,estava
escrevendo para MARIANA,começou a
chover aqui no RIO,depois de tanto tempo,de muito calor,aí já é previsível o que vai acontecer...

Caramba!chega de tragédias....

carinho,bjs
Reinaldo disse…
Sabe havia lido uma citação de William Hersey Davis que era bem semelhante ao texto de Arnaldo Jabour.
Textos assim levam-nos a uma reflexão profunda, mas as duas frases finais desse são realmente bárbaras e um tanto instigantes!!!
Enriquecemo-nos cada vez mais diante de uma restrita parcela, que ainda exercita a sabedoria humana e você é uma delas!
Gostei demais do que acabei de ler.
Parabéns, Zizi!

Postagens mais visitadas deste blog

Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil

Mistério revelado

Que bacana vocês terem aprovado o verde de fundo do blog.
É em homenagem à nossa escolha por maioria, ao partido verde, que na verdade com ou sem partido, é a cor de fundo das escolhas dos nossos corações, não é mesmo?

Um blog que reúne pessoas que amam animais, vegetais e minerais, música, arte e verdade, é no mínimo ecológico e ético, certo people?

Então, vou contar para vocês sobre o mistéééério que me levou ao planalto central.

Uma amiga comentou há algumas semanas, que um grupo de amigos estava com vontade de ir à Abadiânia - cidade do interior do estado de Goiás, para ser vista pelo médium João de Deus, a quem é atribuído grande poder de cura das mais diversas doenças.

Vi na minha agenda que naquele final de semana eu estaria com tempo livre, e resolvi me juntar ao grupo, uma vez que nos últimos anos tenho me sentido um "mostruário" de males que a medicina tem pouco ou nenhum jeito eficiente de tratar. Alguns não têm nem diagnóstico..... já passei por tantos hospitais, médi…