Pular para o conteúdo principal

Escolhas.....

Tempos atrás Rita Lee escreveu:
"Não sei se eu estou pirando ou se as coisas estão melhorando..."

Hoje me percebi pensando um pensamento que soa em rima:
"Não sei se estou envelhecendo ou só endurecendo...."

O aprendizado que as dificuldades trazem são preciosos, mas invariavelmente deixam sequelas perigosas, as quais eu acho, devem ser descartadas o mais breve possível.
O endurecimento é uma delas.

O que ainda não sei ao certo é se estou lidando com endurecimento ou com o amadurecimento da etapa : "parar de deduzir" .

Normalmente ouço das pessoas e eu mesma praticava deduções como orientação de direção.

As histórias que vou contar estão colocadas na primeira pessoa para preservar as identidades envolvidas.

Exemplo: Vou ao banco pedir para o caixa calcular o total do imposto que devo pagar numa guia de recolhimento. Deduzi que um banco deve saber muito melhor do que eu como calcular e preencher estas guias....
Chego no caixa e ele me diz que não sabe fazer este cálculo porque aquele banco não costuma recolher este imposto. Detalhe: o imposto é FEDERAL!

Quem pensaria nessa possibilidade de "vácuo"????

Outras situações tipo: fulano deve ser ótimo produtor porque foi da equipe da Madonna!!
Deduzo que, pelo alto grau de profissionalismo e exigência da Madonna, pertencer à equipe dela deve ser no mínimo um abono de qualidade ou capacidade de trabalho.

Contrato o fulano, que em 2 meses me compromete, depaupera, confunde, prejudica, e aí descubro que ele era da equipe de montagem de cabos elétricos que eventualmente prestava serviços de som, e na lista de clientes havia inclusive a festa de batizado da filha da vizinha do produtor da Madonna...

Mais uma: Resolvo fazer uma compra daquelas mensais enormes, num supermercado indicado por um amigo, que garantiu ter gasto no mínimo 28% a menos do que o que costumava gastar no supermercado que eu costumo comprar.
Deduzi que seria bom para mim também, afinal meu emigo e eu comprávamos juntos - ele sabe o que costumo escolher. Lá fui eu.

O supermercado indicado tem marcas completamente diferentes das que conheço e costumo usar. Mais da metade dos produtos que preciso não estão disponíveis. Não me abati, e continuei tentando. Na feirinha, os legumes eram raros e estranhos... cenouras muito tortas, beterrabas quase nabo, batatas irreconhecíveis... comprei como se fossem cará.... enfim, depois de enfrentar uma fila imensa para ser atendida pelo caixa, não havia empacotador e eu sou péssima nesse serviço - na hora de pagar vi que gastei a mesma coisa que no outro supermercado, comprei um monte de produtos que não são os que gosto, gastei muito mais tempo e trabalhei no empacotamento, tudo isso porque deduzi que a fala do meu amigo servia para mim também...

Voltando ao começo do nosso assunto, descubro que há uma linha muito fina entre o endurecimento e um mínimo de discriminação e que esta é necessária sim, se não quisermos pagar preços altos para encarar sérios e vários prejuízos, o que com um pouco dela, poderíamos ter evitado.....

Não vou esquecer disso na hora de votar.
E você?
Formigas não são obesas só porque nunca fazem fila atrás de adoçante.....

Comentários

Kalyne disse…
Zizi,
Engraçado, abrir o blog agora para desanuviar os pensamentos e vi sua msg, to no trabalho apos um dia mt estressante ( A proposito sou gerente financeira de uma grande empresa), fazia certamente mt tempo que não tinha um dia tão dificil, mas enfim, sobrevivi e amanhã certamente será outro dia.
O fato é que Amadurecimento e endurecimento fizeram muito parte do meu estress hj.
Acabei de me sentir descriminada! E não foi por raça mas sim, por ser mulher e solteira,acredita?

Por ser mulher, eu estou no cargo que ocupo por que certamente me 'vendi' de alguma forma. Por que sou solteira certamente eu tenho um 'caso' com um homem casado. E agora eu pergunto: Devo ser madura ou dura?
Devo me incomodar com isso e gritar minha indignação ou me acostumar com a piquinez das pessoas.( è como o supermercado que vc foi só por que é mais barato, mas que certamente saiu mais caro pra vc)

Resolvi ficar na minha, até por que: '' EU SEI QUEM SOU PRA MIM''
E agora faço minha sua palavras: Não sei se estou envelhecendo ou só endurecendo!

Desculpem o desabafo!
Marcel disse…
Zi!

Acho que as coisas para voce estão melhorando!

Desfrute e confie em Deus sempre!

Um Beijo!

Até Jazz!
caca disse…
ZIZIZINHA QUERIDA, BOA NOITE!!

POIS É , A VIDA NÃO É FÁCIL!!!
AMADURECER, ENDURECER, TUDO ISSO
É MUITO DURO!!
ACHO QUE A NOSSA INTUIÇÃO, ALIADA
ÀS NOSSAS VIVÊNCIAS NOS LEVAM AO MELHOR CAMINHO!!
COMIGO TEM SIDO ASSIM!!

"VIVER ... E NÃO TER A VERGONHA DE SER FELIZ..."

" EU SEI, QUE A VIDA DEVIA SER BEM MELHOR, E SERÁ!
MAS ISSO NÃO IMPEDE QUE EU REPITA:
É BONITA , É BONITA ,E É BONITA!!

E SALVE GONZAGUINHA, O GRANDE!!

E SALVE A ZIZIZINHA A ENORME!!!

BEIJOCAS AMIGA, DURMA COM DEUS!!
CRIS ZAMPIERE disse…
Zizi amore, li várias vezes este seu post, achei tão real, me vi dentro destas situações e a noite em casa com meu marido conversamos e analisamos o que você disse sobre amadurecer, endurecer e deduzir e esta reflexão foi muito importante para nós já a vida é feitas de escolhas e das consequencias dela então quanto mais acertadas e analisadas as escolhas mais serenos e felizes seremos.
Grande contribuição de uma grande pessoa, te adoro Zizi.
Beijos
Vladimir disse…
Zizi

Este seu post dá vazão à inúmeros questionamentos, deduções, opiniões...

Eu vou ficar só em um ponto para não me estender muito...
Sigo a mesma linha da Cris, ou seja, sobre nossas escolhas...

Apesar de já ter aprendido, ainda assim, muitas vezes, caio na mesma armadilha de acreditar que preciso das opiniões das pessoas para confirmar o que penso ou mesmo para saber por onde seguir, que caminho tomar, qual a melhor alternativa a escolher.

Depois de um tempo, aprendi que não preciso de nada disso. Preciso sim, acreditar nas minhas convicções, nas minhas próprias opiniões, no meu coração, até porque já sou "bem grandinho" para saber o que é bom e ruim para mim!! Qualquer decisão acertada ou errada que eu tomar, as consequências, obviamente, serão minhas e de mais ninguém. As pessoas querem viver a nossa vida, opinar por nós... Pais, mães, irmãos e mesmo amigos são assim sempre... Chega uma hora em que a gente tem que deixar claro à essas pessoas que quem decide somos nós. Agradecer e seguir nosso caminho...

Infelizmente a gente precisa errar para aprender, mas acabamos aprendendo de alguma forma.

Prá finalizar deixo dois pensamentos:

"Você é o resultado de suas escolhas" - Slogan de um curso pré-vestibular aqui de Porto Alegre.

"Hay que endurecer, pero sin perder la ternura jamás." Che Guevara

Abraços
Iracema disse…
Não consigo crer no amadurecer sem o envelhecer,mesmo que,este seja ou não o biológico.Amadurecer requer o envelhecer;mas podemos sim envelhecer sem o amadurecer e isto,penso eu,será um infortúnio para quem passar,viver e não se dar conta.
Amadurecer,envelhecer e endurecer...adoro pensar nisto,divagar...motivo que,mais uma vez,concluo;neste blog tudo é prazeroso,teus pensamentos e opiniões,tua música e também tuas histórias(que equivocadamente já coloquei,em outra situação,"estórias").Bem,quanto ao endurecer,fase em que me encontro,existem opiniões para todos os gostos,políticos também existem para todos os gostos,mas por infelicidade isto neste país é emprego e não profissão...Zi,está é a grande diferença e motivo de muita indignação quando,dos outros,esperamos e não recebemos o que somos...PROFISSIONAIS!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil

Mistério revelado

Que bacana vocês terem aprovado o verde de fundo do blog.
É em homenagem à nossa escolha por maioria, ao partido verde, que na verdade com ou sem partido, é a cor de fundo das escolhas dos nossos corações, não é mesmo?

Um blog que reúne pessoas que amam animais, vegetais e minerais, música, arte e verdade, é no mínimo ecológico e ético, certo people?

Então, vou contar para vocês sobre o mistéééério que me levou ao planalto central.

Uma amiga comentou há algumas semanas, que um grupo de amigos estava com vontade de ir à Abadiânia - cidade do interior do estado de Goiás, para ser vista pelo médium João de Deus, a quem é atribuído grande poder de cura das mais diversas doenças.

Vi na minha agenda que naquele final de semana eu estaria com tempo livre, e resolvi me juntar ao grupo, uma vez que nos últimos anos tenho me sentido um "mostruário" de males que a medicina tem pouco ou nenhum jeito eficiente de tratar. Alguns não têm nem diagnóstico..... já passei por tantos hospitais, médi…