Pular para o conteúdo principal

A arma na palma da mão.

Adquiri um hábito bizarro nos últimos tempos: o de assistir  "Bom Dia Brasil" pela Globonews ainda na caminha.
Noto que a cada dia meu Bom Dia vem se tornando mais e mais espetacular - no sentido mais literal da palavra.

Ainda pasmo perante as notícias que envolvem acidentes com, e entre, humanos.

O choque mais recente  é o da história de um menino de 9 anos morto por um tiro dentro da sala de aula....
Descobre-se que o tiro partiu possivelmente do revólver de um coleguinha de classe... e eu me pergunto...
Como é que um revólver carregado ficou ao alcance das mãos de uma criança?

Com tantos desenhos animados e filmes de super heróis que atiram o tempo todo, destroem e salvam o mundo e a si próprios, retornam das tumbas, puxa,  dá para entender que o garoto possa ter feito uma básica confusão entre mundo "real" e o onírico. Pode ter achado uma grande aventura de poder levar essa ameaça para mostrar aos coleguinhas..... seria inofensivo se ficasse só na imaginação.
Mas daí a ter alcance a uma arma carregada.......

E as consequências possíveis???
O que mais poderia ter acontecido???

Por mais que eu ache que já vi tudo..... ainda me espanta o mundo!

Comentários

Brigit Candles disse…
Oie, Zizi! Quando eu era criança (bota tempo nisso) os desenhos animados eram mais criativos, mais bonitos, sem armas de fogo ou tantas intrigas. Mas atualmente, mesmo que a gente coloque uma criança pra ver Tom e Jerry, ela vai querer trocar o canal pra um desenho desses novos "heróis", aliás, que desenhos horrorosos!

Boa tarde a todos!

James, tentei responder a vc por e-mail e/ou direto no seu blog mas não consegui; a resposta é um pouco longa.

Desejo a todos um ótimo fim de quinta!

Beijos no cuore, Zizi!
Cris Zampiere disse…
É Zizi as coisas estao mesmo complicadas e assustadoras, alem de nao ensinarmos as coisas simples da vida as nossas criancas ainda nao as protegemos dos perigos, na maioria das vezes o que ensinamos é a consumir e isso nao vai ajudar o futuro!!

Beijos enormes

Cris
James disse…
Êba! Terei uma MacTarde Feliz! Você apareceu rs.

Sabe que eu tenho visto pouca televisão? Normalmente vejo um noticiário ou outro, ou algum programa ligado à música.

Mas sabe o que observo? Tanto esse episódio quanto outros estão rolando por uma espécie de 'esteira da normalidade' - não há mais uma reação efetiva da sociedade diante de tragédias como essa e as autoridades parecem ter pertido os cinco sentidos.
Até quando as crianças poderão falar mais alto que seus pais?
Até quando os jovens poderão ser refratários a tudo?
Até quando viveremos nessa deseducação desregrada?

Ao meu ver é um problema de base que, se não for combatido em seu príncipio, continuará a comprometer toda a cadeia da vida.

BeiJÃO.

James.
crdidier disse…
Olá Zizi e zizianos !!
O mundo precisa de mais sonhos , mais poetas(como a Carminha), loucos do bem ....
Hoje as crianças vivem no meio de uma violência explícita , seja em casa, na rua ,no colégio... Isso dá medo e indignação. Nossas crianças são massacradas por essa realidade violenta e desumana . O mundo mudou , até os heróis mudaram, perderam o encantamento, a alegria, a mágica ...
Tenho saudade do tempo em que ser criança era poder pegar carona numa cauda de cometa e levar consigo muito pirlimpimpim para poder voltar, flutuando pelo espaço !!!

CARMINHA !!
OBRIGADA PELO CARINHO !! HOJE VOCÊ FOI O MAR DA MINHA LUA !!!!!!
Beijo
Didier
Adriana disse…
É lamentavel dear...os pais do garoto que atirou alegam que não tinham arma em casa, a arma desapareceu...agora as perguntas que não querem calar: como o garoto consegui a arma? Como fica a familia do garoto que morreu?Como fica a cabeça do garoto que matou o colega?
Um horror esta história

besos em
Adriana
Angélica disse…
Oi ZZ!
Oi Pípou!!!

A história dessa família, desse menino realmente está mexendo com muitas pessoas.
É muito difícil a gente imaginar que nosso filho possa ser morto dentro de sua sala de aula. A escola, no meu entendimento, é o segundo lar da criança, onde ela vai adquirir conhecimentos, fazer amigos, aprender a conviver socialmente.Mas não é da escola o papel de educar e sim dos pais.
Quantas campanhas de desarmamentos nós vemos, é preciso que as pessoas se conscientizem que não adianta ter arma em casa. Como você disse para o menino é difícil entender o que é real e o que não é.
Hoje em dia os desenhos são muito agressivos. Eu vejo pelo Léo, suas brincadeiras são de heróis que matam os bandidos, muitas vezes de bandidos que matam os heróis, lutas, lutas e lutas! Os vídeo-games também são as mesmas coisas.
Isso me preocupa bastante, nós procuramos não comprar armas de brinquedo e tb brinquedos que alimentem a sua imaginação nesse sentido, mas é difícil!
Eu procuro conversar com ele e mostrar o que é certo e o que é errado, agora tem que ser assim para que mais prá frente ele possa tirar as suas próprias conclusões.
Fico triste pelas duas famílias.
A que perdeu o filho terá que conviver com a dor da saudade.
A família do menino que atirou tb terá que conviver com essa dor, pois tb acredito que o tiro foi acidental, mas o menino ficará marcado para sempre!
Devemos orar pelas duas famílias e pedir que Deus os ampare para que possam continuar a sua jornada aqui na terra.
Quanto ao Miguel, como pudemos constatar através de entrevistas dos seus pais, era um menino diferente, já bem espiritualizado.
Acredito que já tenha sido socorrido pelo plano maior desde o momento do acidente.
Agora ele cuidará de seus familiares de uma outra forma!
Márcia Ricco disse…
Pois é, sweet Zizi... armas nas mãos de crianças, crianças com pensamentos deturpados - modelos domésticos? video games? conversas paralelas sem a devida preparação?
Hoje é muito fácil obter informação sobre qualquer coisa! O problema é usar isso tudo da maneira correta!
Ouvi uma crítica muito positiva sobre o filme "Tropa de Elite 2-O imimigo agora é outro" . O diretor coloca explicitamente que o maior inimigo da segurança é o sistema / governo. Fiquei tentada a ver - tb pelo Wagner Moura, of course...
Enquanto isso, no bat-blog, matutamos sobre o por quê de tanta violência -física, verbal, moral... e o que nos faz seguir, apesar de tudo...
BJS & MUITOS BJS !!!!!!!!!!!!
laura disse…
Zi linda,

Eu acho que o poder que a mídia exerce sobre as crianças torna o comportamento destas demasiado preocupante. Raros são os desenhos animados educativos, a maioria trata de lutas, armas, destruições, fazer justiça com as próprias mãos, dentre tantos outros temas afins. E os pequenos, naturalmente, acham tudo o máximo, querem comprar todos os artefatos belicosos e estratégicos dos super heróis (aqui entra a sede pelo consumo que afeta as pessoas desde sua infância), e creem que possuem super poderes de congelar ou explodir, voar e viver debaixo d'água, morrer e ressuscitar, escalar paredes, ter, enfim, um alcance ilimitado sobre todas as coisas e pessoas.

Por questão de comodismo ou segurança, não importa, a verdade é que os pais são muitas vezes omissos na educação de seus filhos permitindo que eles interajam, quase que integralmente, apenas com máquinas - televisão, videogame, computador. Esse limite de atividades acaba prejudicando a criatividade da criança, a noção do real e do fantasioso, e a própria educação. Assim, surge uma vasta gama de consequências como lei de ação e reação. O caso deste menino morto por um coleguinha de classe é apenas um dos possíveis danos. Entretanto, é um mal extremo, sem volta - diferentemente do que pregam as animações - e muito maior do que todos os outros. Sinal de que as coisas não estão seguindo a estrada correta. Há valores invertidos, funções esquecidas e não exercidas (a presença maior dos pais)...tudo deturpado! Espero, sinceramente, que o caso sirva como um grito de alerta, uma mudança de atitude. E, ainda, torço para que as feridas causadas na família da criança morta e no próprio garotinho que atirou, sarem com o tempo de Deus.

Laurinha.
laura disse…
Zi linda,

Eu acho que o poder que a mídia exerce sobre as crianças torna o comportamento destas demasiado preocupante. Raros são os desenhos animados educativos, a maioria trata de lutas, armas, destruições, fazer justiça com as próprias mãos, dentre tantos outros temas afins. E os pequenos, naturalmente, acham tudo o máximo, querem comprar todos os artefatos belicosos e estratégicos dos super heróis (aqui entra a sede pelo consumo que afeta as pessoas desde sua infância), e creem que possuem super poderes de congelar ou explodir, voar e viver debaixo d'água, morrer e ressuscitar, escalar paredes, ter, enfim, um alcance ilimitado sobre todas as coisas e pessoas.

Por questão de comodismo ou segurança, não importa, a verdade é que os pais são muitas vezes omissos na educação de seus filhos permitindo que eles interajam, quase que integralmente, apenas com máquinas - televisão, videogame, computador. Esse limite de atividades acaba prejudicando a criatividade da criança, a noção do real e do fantasioso, e a própria educação. Assim, surge uma vasta gama de consequências como lei de ação e reação. O caso deste menino morto por um coleguinha de classe é apenas um dos possíveis danos. Entretanto, é um mal extremo, sem volta - diferentemente do que pregam as animações - e muito maior do que todos os outros. Sinal de que as coisas não estão seguindo a estrada correta. Há valores invertidos, funções esquecidas e não exercidas (a presença maior dos pais)...tudo deturpado! Espero, sinceramente, que o caso sirva como um grito de alerta, uma mudança de atitude. E, ainda, torço para que as feridas causadas na família da criança morta e no próprio garotinho que atirou, sarem com o tempo de Deus.

Laurinha.
caca disse…
EU TAMBÉM ME CHOCO MUITO COM A MUDANÇA QUE OCORREU DESDE O TEMPO QUE EU ERA CRIANÇA, DESDE O TEMPO QUE COMECEI DAR AULAS PARA CRIANÇAS,NOS ANOS 80,E COMO É HOJE ! A BELEZA DA VIDA ,DAS BRINCADEIRAS, DAS FANTASIAS BONITAS,FORAM GRADATIVA E CONTINUAMENTE DANDO ESPAÇO ÀS BRINCADEIRAS ,ESTÓRIAS E BRINQUEDOS VIOLENTOS.O MESMO OCORREU COM RELAÇÃO À FORMA DE SE TRATAR AS PESSOAS MAIS VELHAS,OS PROFESSORES...
OS DESENHOS DO MEU TEMPO DE CRIANÇA,TAMBÉM TINHAM SUAS MALDADES,POIS O BEM E O MAL SEMPRE CAMINHARAM JUNTOS,MAS NÃO ERA ESSA MALDADE DE QUERER MATAR, DE NÃO VALORIZAR A VIDA DOS ANIMAIS,SERES HUMANOS,PLANTAS,PLANETA...ENFIM,
O QUE HAVEMOS DE FAZER PARA MODIFICAR ISSO??
SE NÃO "CORRERMOS", MUITAS TRAGÉDIAS COMO ESSA PODERÃO VIR À ACONTECER!!

QUE DEUS NOS MOSTRE O CAMINHO DE VOLTA AOS VALORES QUE EDUCAM ,QUE CONSTROEM,QUE NOS FAZ EVOLUIR ENQUANTO SERES HUMANOS!
QUE DEUS DÊ CONFORTO ÀS DUAS FAMÍLIAS DESSA TRAGÉDIA,QUE PROTEJA ESSA CRIANÇA ,QUE SABE-SE
LÁ PORQUÊ ,POR CULPA DE QUEM TEVE ACESSO À ESSA ARMA,E NUM GESTO SEM NOÇÃO PÔS VIDAS À PERDER,INCLUSIVE A SUA.

CACÁ
caca disse…
CRDIDIER,
NADA À AGRADECER, "SER O MAR DA SUA LUA"...QUE LINDO!!
A LUZ DA SUA LUA ILUMINOU O MEU
MAR,ISSO ME DEIXOU FELIZ!!
ACHO QUE VAMOS NOS DAR BEM ,NESSES
JOGOS POÉTICOS,POIS PARECE QUE VOCÊ TAMBÉM GOSTA DISSO!!

MUITO LOUCO ISSO, COMO PODE HAVER IDENTIFICAÇÃO,NA FORMA DE SE RELACIONAR,SEM SABERMOS QUASE NADA
UMA DA OUTRA??
ESTAVA ESCRITO NAS ESTRELAS..SERÁ??

BEIJOCAS, CARMINHA.
Fefeu disse…
Boa noite, Zizi e pessoal!

Sem puxar sardinha para minha área, mas a educação é a base de tudo! E como anda nosso país neste quesito? Lamentável!

É perturbadora a ideia de ter que se acomodar com tudo o que acontece com essa juventude. Drogas, armas, violência, crime, sexo. Não! Não podemos nos acostumar com isso até chegarmos ao ponto de encarar com naturalidade esses tão absurdos fatos.

"Educai as crianças, para que não seja necessário punir os adultos." (Pitágoras)

Beijos em todos
Sandra Roos disse…
Esse 'caso' suscinta mesmo muitos porques, mas ainda ficou na minha cabeça a frase que ouvi o Ricardo Boechat (da Band) dizer no 1º dia dessa notícia: "...que a arma tenha 'disparado' acidentalmente na mão de outra criança a gente até entende, mas quando os 'pais' dessa criança passam a ocultar, esconder a arma, enfim... aí é CRIME mesmo."

Mas o pior dessa história é que não tinha sido a 1a. vez que o menino levara a arma a escola, o próprio menino baleado já havia alertado os pais disso, mas não disse o nome do coleguinha...

Eu como a Adrianita fico me perguntando COMO VAI FICAR A CABEÇA DESTA CRIANÇA QUE ATIROU, ainda mais sem receber o aconselhamento adequado... os pais não estão escondendo o fato para 'protegê-lo' e sim para SE PROTEGEREM, mas é uma questão de tempo... a polícia sabe que a mochila e uniforme do menino foram 'lavados' e que a própria cena do crime foi alterada pela escola...

A Caroline costumava assistir o Jornal da Band comigo, mas não deixo mais, pois ela se impressiona com estes casos de 'mortes', especialmente de crianças...

Postagens mais visitadas deste blog

Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil

Mistério revelado

Que bacana vocês terem aprovado o verde de fundo do blog.
É em homenagem à nossa escolha por maioria, ao partido verde, que na verdade com ou sem partido, é a cor de fundo das escolhas dos nossos corações, não é mesmo?

Um blog que reúne pessoas que amam animais, vegetais e minerais, música, arte e verdade, é no mínimo ecológico e ético, certo people?

Então, vou contar para vocês sobre o mistéééério que me levou ao planalto central.

Uma amiga comentou há algumas semanas, que um grupo de amigos estava com vontade de ir à Abadiânia - cidade do interior do estado de Goiás, para ser vista pelo médium João de Deus, a quem é atribuído grande poder de cura das mais diversas doenças.

Vi na minha agenda que naquele final de semana eu estaria com tempo livre, e resolvi me juntar ao grupo, uma vez que nos últimos anos tenho me sentido um "mostruário" de males que a medicina tem pouco ou nenhum jeito eficiente de tratar. Alguns não têm nem diagnóstico..... já passei por tantos hospitais, médi…