Pular para o conteúdo principal
Olá people,

Respondi ao comentário da Laura no post de hoje à tarde, onde pergunto sobre as impressões a respeito das manobras de defesa dos Nardoni.
Então me dei conta que será bacana postar nesta coluna aqui, para multiplicar com todos.
Lá vai:

Laurinha, que máximo uma família inteira estudante das leis!
Adorei a sua idéia do twitter especial para acmpanhar o caso.
Na verdade este caso é o endereço de tantos absurdos humanos - é muito possível que seja tudo o que a gente não queria que fosse, que represente o pior da natureza humana, contra a impotência de uma criança. Enfim, é cruel demais se for verdade, e não parece que não seja verdade....

Também fico impressionada com a coragem, competência e dedicação do Sembranelli - fiquei fã dele à primeira vista.

Multiplico com você a idéia que a defesa já naufragou, e dá sinais do naufrágio a cada minuto.
Mas ainda acho que o soco no estômago "humanizou" a dureza profissional do exercício da defesa. Manter a mãe isolada neste momento, só para impedir a disseminação de uma comoção já instalada, é dolorido demais para qualquer criatura de Deus. Ninguém merece este tratamento - nem o exercício de defesa!

Comentários

Cris Zampiere disse…
Nossa Zizi, nao sei voces mas toda vez que começo assistir sobre estes casos eu literalmente começo a passar mal, ai me pego a pensar, qual o limite da maldade humana? ou melhor tem limite? eu espero que sim e espero tambem que estas duas criaturas recebem a sentenca que merecem!!
caca disse…
People,
acho a Laurinha tão madura, tão
sábia, tão especial.Uma garota tão jovem,com futuro brilhante, tenho certeza!!
LAURINHA , AMIGA , AMO VOCÊ!!
BEIJOCAS , TENHA UM LINDO DIA!!
CACÁ CARMINHA.
Lusiane disse…
Nessas horas, minha cabeça entra em choque.

Eu vejo muito pouca TV, geralmente só filmes, alguma apresentação musical... nada muito grave. Em tempos como este fico pensando no circo que a mídia arma em cima desses casos, e ao mesmo tempo que me indigno com isso e pensando que enquanto o circo se arma outras crianças passam por coisas até piores e ninguém fala nada. Mas também, penso que por outro lado, é bom o circo armado, pra mostrar que coisas como essas não podem passar desapercebidas. Entro em choque, não sei o que pensar...

Também não sei se foram os Nardoni ou não, provavelmente sim, apesar do absurdo da história... como é que um pai, uma mulher, UM ADULTO, UMA PESSOA faz isso com uma criança... uma coisa tão brutal como essa?!
Eu só fico pensando no que essa criança sofreu, no quão absurda é essa história, independente de quem a protagonizou... só me resta acreditar que a justiça não é cega mas sim justa, que o foco não seja acusar ou não acusar os Nardoni, mas que seja punir os culpados por uma atrocidade dessas!!!

Eu não consigo entender e minha cabeça fica a cada dia com um nó mais apertado...
laura disse…
Zi,

Concordo com você em tudo! Não sei se pareceu o contrário pelo que escrevi em meu comentário anterior, mas deixa eu esclarecer uma coisa para ficar em paz: eu acho absurda a agressão sofrida pelo advogado de defesa!
Sobre a situação, ele mesmo fez uma observação muito correta e coerente: se o agressor fosse pego, precisaria de um advogado criminal para defendê-lo, e só sabe o que é um advogado criminal quem, de fato, precisa de um.

Este é um caso que mobilizou e revoltou a sociedade. A frieza e crueldade contra uma criança, esse ser indefeso e doce, espantam qualquer ser humano. Contudo, por mais que a opinião pública seja praticamente unânime, partir para a agressão, seja ela física ou verbal, contra qualquer pessoa, sobretudo um profissional, vai além da moral, da educação, da humanidade, mesmo. A justiça, ao meu ver, é realizada por aqueles capazes. Homens da lei e Deus. Mesmo que os primeiros falhem, o segundo nunca cometerá erro algum.
É isso. Acho que agora expus o que realmente penso.

Zi, obrigada por compartilhar seus pensamentos conosco. A cada dia minha admiração por você cresce ao ter mais provas da pessoa sensível, justa e sincera que é.

Cheiro,

Laurinha.
Adriana disse…
Oy pessoal mynha cabeça da um nó ygual a cabeça da Lusy...Hoje assysty uma entrevysta de um peryto falando que a VERDADE sobre este caso nunca aparecerá.Ele acredyta na culpa dos réus mas acredyta que a morte da garota não se deu exatamente da forma que a acusação esta falando.Não vamos saber o que aconteceu naquela noyte.
Desde que o cryme aconteceu yndependente "do cyrco" eu acredyto que eles são culpados.A reação do pay da menyna no dya do cryme foy frya de dar medo.Quem lygarya prymeyro para os própryos pays se vysse sua fylha jogada lá embayxo() Que pay não tentarya num ato de desespero socorrer a fylha...()
O que me deyxou mays perplexa foy a entrevysta ao Fantastyco que foy amplamente analysada.A postura corporal e a falta de afeto convyncente denuncya o casal...ynfelyzmente.
Posso estar errada mas tudo leva a crer na culpa dos doys.
Vocês já se colocaram por um mynuto no lugar dos jurados()
Eu não querya estar na pele deles...que responsabylydade!
besos

Postagens mais visitadas deste blog

Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil

Mistério revelado

Que bacana vocês terem aprovado o verde de fundo do blog.
É em homenagem à nossa escolha por maioria, ao partido verde, que na verdade com ou sem partido, é a cor de fundo das escolhas dos nossos corações, não é mesmo?

Um blog que reúne pessoas que amam animais, vegetais e minerais, música, arte e verdade, é no mínimo ecológico e ético, certo people?

Então, vou contar para vocês sobre o mistéééério que me levou ao planalto central.

Uma amiga comentou há algumas semanas, que um grupo de amigos estava com vontade de ir à Abadiânia - cidade do interior do estado de Goiás, para ser vista pelo médium João de Deus, a quem é atribuído grande poder de cura das mais diversas doenças.

Vi na minha agenda que naquele final de semana eu estaria com tempo livre, e resolvi me juntar ao grupo, uma vez que nos últimos anos tenho me sentido um "mostruário" de males que a medicina tem pouco ou nenhum jeito eficiente de tratar. Alguns não têm nem diagnóstico..... já passei por tantos hospitais, médi…