Pular para o conteúdo principal
Bíbou!!

A conexão aqui de casa está uma m.... ao quadrado!
Prometi escrever com mais calma, e tenho alguns posts esperando há horas....
Aí resolvi escrever este textinho pequenininho e torcer para conseguir postar.

Adriana, eu também estava com saudades!
Que lindo você ter mandado os DVDs para o Marquinhos!! Você é um luxo de criatura, e de síndica!!! Obrigada querida!

Marquinhos, faça ótimo proveito deles! Eu também amo Alfonsina...

Gente, sobre votos nulos ou em branco, eu lembro que quando as urnas não eram eletrônicas, teve uma eleição que a Rita Lee foi votadíssima!! A gente podia se expressar. Eles anulavam o voto, mas pelo menos era divertido.

Hoje em dia nos sobrou apenas a múltipla (ou seria reduzidíssima??) escolha..... escolher o menos pior entre os que foram previamente escolhidos por eles....

De toda forma, sugiro que pensem com carinho, porque anulação ou votar em branco fortalece quem estiver ganhando, e não expressa - ao contrário do que se pode pensar - posição política. Na hora da contagem de votos, o nulo e o branco não são tratados como candidatos..... pensem nisso.....

O meu voto está para ser decidido entre Serra e Marina.
Ela, porque me identifico com a causa e com o discurso.
Ele, porque demonstrou competência em vários governos, além de ter um histórico idôneo e coerente.
Meu pé atrás, é porque não consigo entender a razão da quase total ausência de oposição - que se espera dos partidos que não estão aliados ao de "situação"....

Enfim, ainda temos um tempinho para pensar, trocar idéias e informações.

Crianças, tomara que este texto alcance vocês, e que a internet por aqui volte a ser de "cidade grande"!!!!

Ótima noite people!!!

Comentários

caca disse…
ZIZIZINHA E ZIZIANOS,
EU JÁ HAVIA COMENTADO SOBRE NÃO ANULARMOS O NOSSO VOTO,SÓ QUE O COMENTÁRIO FUGIU,TOMOU DORIL E SUMIU!! EU SOU CONTRA A ANULAÇÃO, PELO FATO DE FORTALECER QUEM NÃO DEVE SER FORTALECIDO,POR ISSO, TÁ DIFÍCIL ESCOLHER,MAS O FAREI:
PROVAVELMENTE O SERRA,POIS DILMA NÃO!!! SE A MARINA TIVESSE CHANCES PODERIA SER TAMBÉM!!VAMOS PENSAR MUITO ,POIS DEPOIS
SERÁ MUITO TEMPO PRA NOS ARREPENDERMOS E PAGARMOS PELA MÁ ESCOLHA!

O ZIZIZINHA, MÁ CONEXÃO
AÍ NO SEU LAR, DOCE LAR??QUE COISA MAIS PERSEGUITÓRIA!!
ESTÃO QUERENDO ACABAR COM A GENTE, MAS ISSO EU NÃO VOU DEIXAR...(PARECE UMA MÚSICA...)
AMIGA, DURMA BEM, CUIDE-SE, FIQUE COM A PAZ DE DEUS, ACORDE ÓTIMA!!
BEIJOCAS , CACÁ CACAZINHA.
Zizi,
Estou escrevendo pela primeira vez no seu Blog.
Acabei de adquirir "Cantos e Contos Vol 2" (era o último e não tinha o 1 na loja Saraiva de Florianópolis).
Maravilhoso repertório, interpretações emocionantes. Há muito tempo não ouvia algo tão interessante.
É ótimo tê-la de volta à música.
Já encomendei o nº 1.
Zizi, já vi sugestões no orkut e acho que é uma excelente idéia: lançar também em CDs, de preferência com algumas canções que não constam dos DVDs. Tendo em vista que foram doze shows, tem muita coisa inédita.
E há várias canções com potencial radiofônico no volume 2.
P.S.:
1) Se lançar em CDs, sugiro a retirada das palmas. Acho que as palmas só atrapalham nos CDs Ao Vivo;
2) Que pena que o mercado de música está tão ruim. Um trabalho maravilhoso como o seu saindo com apenas 3.000 cópias na primeira tiragem. Você demonstra realmente um grande amor à arte, todo este capricho neste trabalho, independente do volume de vendas.
O bom é que como está acabando nas lojas, logo teremos novas tiragens;
3) O seu blog é excelente. Você escreve muito bem.
Uma ótima noite,
Ary
Florianópolis - SC
M@rquinhos Vit@l disse…
Pois é Zizi,

A Adrianita é mesmo um luxo de "ser e de estar"...

Os dvds chegaram tao lindinhos, e ainda por cima me enviou um livro que fala e explica sobre os gatos, esses seres lindos que amamos - assim enfim, lendo o livro, tive a certeza de porque que a Felicia as vezes fazia "xixi" fora do seu banheirinho ;-)

Meus dias com Zizi, Luiza, Joao e Maria, têm Tudo A Ver com O Amor Da Minha VIda, os Caminhos sao de sol, e um Assum Branco me cantarolou pra eu nao ficar Sentando à beira do caminho, a esperar, Senza Fine...

Que em vez disso, deveria cantar mesmo que no Banheiro, e eu canto: Desafinado, Eu Velejava em Voce e no mar de Alfonsina, faço uso de Palavras e escrevo um Bilhete dizendo que nao quero Nada Pra Mim, apenas passear pelas Ruas De Outono, sorrir como um clarao, riscar nomes com Carvao, descobrir Quem é Voce...

Enfim sò sei que acordo e gosto da vida, obrigado e BOM DIA :-))
M@rquinhos Vit@l disse…
Tema bem apropriado este pra mim, uma vez que fui ontém buscar o meu titulo de eleitor - agora devidamente transferido para Zurique, o que significa poderei votar e nao apenas "justificar" o meu voto uma vez estando em territorio estrangeiro.

Estando aqui, fora do Brasil, claro as informaçoes e opinioes sao um tanto escassas, diria, chegam um tando mais condensadas, porisso criticas, informaçoes, opinioes como a sua Zizi, e dos zizianos poderao me dar uma idéia mais sensata e concreta de pra quem dar o voto...

Confesso nao ter sabido da candidata Marina (Silva?)... Ou seria Serra & Marina?
M@rquinhos Vit@l disse…
ALFONSINA Y EL MAR é mesmo muito linda, que cançao, que interpretaçao a sua, como nao poderia ser diferente - nao seres amada e idolatrada por todos nòs, se o dvd tivesse apenas essa cançao, jà teria voce nos brindado com a sensaçao de voar, fecho os olhos e me sinto leve, e ai, nao tem transito louco, politicos corruptos, vulcoes em erupçao... que me impeça de ser somente eu a musica, oh coisa boa...

E claro, ouvindo Alfonsina y el (a)mar repetidas vezes, nao tive como nao querer saber mais sobre ela, e pesquizando na net, descobri que ela nasceu aqui na Suiça, e que é geminiana, assim como eu...

ALFONSINA STORNI

Considerada la poetisa del pos modernismo argentino, nació en Sala Capriasca (Suiza), el 22 de mayo de 1892, trasladándose con su familia a la Argentina, a muy temprana edad.


Padeciendo una niñez con estrecheces económicas, debió trabajar como lavaplatos, camarera, costurera y obrera.

Se recibió de maestra rural en Coronda, ejerciendo en la Escuela Normal. Fue profesora de arte dramático y colaboró con varios grupos de teatro juvenil.

En 1911 se mudó a Buenos Aires. En 1912 nació su hijo Alejandro, de padre desconocido. En 1916 comenzó su carrera literaria con “La inquietud del rosal”, continuándose con las siguientes: en 1918 “El dulce daño”; en 1919 “Irremediablemente”; en 1920 “Languidez”, que recibió el Primer Premio Municipal de Poesía y el Segundo Premio Nacional de Literatura. En 1925, “Ocre”, consagró casi definitivamente su alejamiento del Modernismo, con un contenido realista. En 1926, publicó “Poemas de amor”; en 1927 y 1932 las siguientes obras de teatro: “El amor del mundo” y “Dos farsas pirotécnicas”, respectivamente. En 1934 “Mundo de siete pozos”, en 1938 “Antología poética”y en 1968 “Poesías completas.


Toda su obra refleja dramatismo, lucha y una audacia inusual para la época. Su temática es, sobre todo, amorosa, feminista y profunda, en donde se refleja un carácter singular, marcado muchas veces por la neurosis.

Su muerte, continúa la huella de su transgresora personalidad. Su trágico suicidio, en las aguas de la playa “La Perla”, de Mar del Plata, el 25 de octubre de 1938, le permitió huir de una penosa enfermedad oncológica y de la soledad que la invadía.
Reinaldo disse…
Zizi, que legal colocação!!! É preciso se fazer enxergar que existem mais candidatos também, é questão de estudar tudo direitinho...
Estou lhe enviando um vídeo do Gabriel Chalita, uma pessoa admirável políticamente falando, que é um tanto esclarecedor.
Gostaria que assitisse atentamente ao vídeo com carinho, ele é norteador na questão da escolha, sem quaisquer manipulações , mas denuncia realidades que aqui no blog você evidencia, por isso reafirmo que gosto de mentes sérias e saudáveis. É relmente esclarecedor...
Asssista com carinho...
http://www.youtube.com/watch?v=25rbc0OZn7o
nei lee disse…
Zizi Possi e amigos deste blog que certamente é um livro, daqueles que sublimam a alma quando se lê,fiquei super ausente devido saude e ferias forçadas e quando volto leio as paginas anteriores e vejo minha referencia quando diz sobre o dengo de voces e não à dengue,eu fico emocionado e claro lisonjeado com tanto carinho e disposição em relação não só a minha pessoa , mas com todos desse livro e dessa historia tão semelhante às coisas boas da vida.
que benção espiritual essa magia de interagir com o melhor, com o mais provavel de bom que o ser humano possa ter,isso é comunhão,torna-se real e concreto o sentimento de ser amado e respeitado, muito obrigado a todos pelo imenso respeito e dignidade humana que voces representam; Angelica suas orações chegaram ate ao meu coração,obrigado...
sobre a politica penso muito semelhante, Marina é uma historia linda e o Serra é um batalhador da saude,merecem atenção.
lamento apenas que sempre estão agrupados com pessoas que não são tão Marinas nem tão Serras...
em 1985 meu primeiro voto foi para RITA LEE, a qual sou admirador e agradecido pela nobreza dela.
achei que fosse o unico, quase que ela se elegeu..
fez a musica Vote em Mim, perfeita.
Zizi,por tua sua dedicação a Nós e por toda sua Vida,meu muito obrigado.
saude sempre e permaneça sempre na beleza da sua Alma.
zizi, continuo com o voto nulo. ñ existe bom político, todos são do mesmo saco. expressa opinião sim, se tiver um bom nº é sinal d q ñ estamos gostando do q estão oferecendo e tem q fazer nova eleição com outros. se bem q ñ tem solução todos são iguais. bjos alagoanos ensolarados...
laura disse…
Zi linda,

Também tive - e ainda tenho - vontade de votar na Marina, mas estou apreensiva, pois não acho que ela tenha chances esse ano e, assim sendo, talvez o voto acabe indo, indiretamente, para a Dilma. Por isso tenho quase certeza de que meu voto é do Serra.

Aconteceu uma coisa muito estranha comigo, mas divertida. Talvez por ansiedade pelo show do dia 07, sonhei com você no palco. Quer dizer, não exatamente isso. Eu chegava no teatro, e logo começava o espetáculo de maneira inusitada: era um vídeo seu preparando o cabelo. Logo depois, você entrava no palco com um vestido verde-musgo enorme, longo, armado, e começava a cantar. Mas de repente, não sei como, você estava no corredor do teatro, cujo chão era de madeira, muito amplo. Com um vestido branco e azul, de maria-chiquinha, era a própria Alice (no país das maravilhas), e saía dançando saltitante, puxava as crianças da platéia (não sei de onde surgiram, talvez tenham brotado da madeira) e fazia uma grande ciranda, balões cor-de-rosa voavam para todos os lados. Num piscar de olhos, eu já estava conversando com você e tomando um cafezinho.
Acordei às 05h30 com o despertador do rádio-relógio tocando Eu velejava em você. Resultado: não sabia se estava sonhando ainda ou se já estava acordada.

Grande beijo EM todos,

Laurinha.
pau_argentina disse…
É engraçado, sou argentina e a primeira vez que ouvi MESMO "Alfonsina y el mar", foi na sua voz Zi. (Isso me converte numa vergonha de argentina, não é mesmo? rs..)

E foi só depois que a ouvi com você e o Ivan, que procurei outras vozes pra me contarem a mesma história. Mas não tem jeito. Sempre fico esperando aquele `sei lá o quê´ que só encontro na sua..
Talvez seja porque a sua foi a primeira versão que tocou a minha alma; ou porque sua voz produz em mim aquele "calor de lar" que não sei explicar. Tanto faz...O que queria dizer mesmo, é que acho que ninguém supera vocês em emoção contando essa história.
Obrigada!
caca disse…
PAULINHA ,NENA QUERIDA!!
CONCORDO COM VOCÊ:- NINGUÉM
TOCA A ALMA COMO A ZIZIZINHA, POR ISSO NÃO ABRO MÃO DELA ,NUNCAAAAA!!
"ALFONSINA Y EL MAR", É MARAVILHISA COMO POESIA,MAS NA VOZ DA NOSSA DIVA, ENOBRECE MUITO MAIS!!
PAULINHA, VOCÊ JÁ GANHOU MAIS UM QUARTO,POR ISSO POSSO IR ME HOSPEDAR
AÍ NA SUA CASA??
BEIJOCAS QUERIDA, BOM FIM DE SEMANA!!
CACÁ CARMINHA.

Postagens mais visitadas deste blog

Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil

Mistério revelado

Que bacana vocês terem aprovado o verde de fundo do blog.
É em homenagem à nossa escolha por maioria, ao partido verde, que na verdade com ou sem partido, é a cor de fundo das escolhas dos nossos corações, não é mesmo?

Um blog que reúne pessoas que amam animais, vegetais e minerais, música, arte e verdade, é no mínimo ecológico e ético, certo people?

Então, vou contar para vocês sobre o mistéééério que me levou ao planalto central.

Uma amiga comentou há algumas semanas, que um grupo de amigos estava com vontade de ir à Abadiânia - cidade do interior do estado de Goiás, para ser vista pelo médium João de Deus, a quem é atribuído grande poder de cura das mais diversas doenças.

Vi na minha agenda que naquele final de semana eu estaria com tempo livre, e resolvi me juntar ao grupo, uma vez que nos últimos anos tenho me sentido um "mostruário" de males que a medicina tem pouco ou nenhum jeito eficiente de tratar. Alguns não têm nem diagnóstico..... já passei por tantos hospitais, médi…