Pular para o conteúdo principal

Esporte radical? É a vida!

Cheguei de mais um Cantos e Contos. Cheguei de uma viagem.

Cantei canções napolitanas e italianas para uma platéia atenta e cuidadosa....disposta a viver de perto comigo, cada nano- molécula de emoção, que não foi pouca.
Há exatos dez anos eu estreava com o show Per Amore, que comoveu muita gente, a partir desta que vos fala.
Incrível, como mesmo passado tanto tempo, tudo permanece com a mesma força, a mesma verdade e a mesma beleza.
Que delicia! (continua...)
Fiquei surpresa - confesso, não estava preparada para a energia que este repertório mobiliza.
Na verdade não tive tempo para considerar esta possibilidade, porque nestes últimos dias tenho tido um aumento considerável de assuntos de todos as áreas para resolver, entre repertórios a escolher, e caminhos a definir.
Fiquei tão na pilha, que de segunda para terça não consegui dormir, nem com meu santo remédio, o que me ajuda a literalmente desligar.
Sabe quando tudo caminha ao mesmo tempo num ritmo frenético, daqueles que mobiliza todo sopro de atenção da gente?
Então, foi assim comigo, e quando vi, estava no palco, e finalmente todo aquele ritmo diria ao que veio.
Comecei a cantar " 'na Musica"do Domenico Modugno, que diz lliteralmente:
"porque esta música me leva longe....longe para um lugar ao qual não posso mais voltar,
porque esta canção acorda minhas penas, penas que eu acreditava ter esquecido......
uma voz, a tua voz chamando ainda por mim......porque esta vontade de chorar me toma? "

Aí, adivinha????
A vontade de chorar me tomou, e como que acordei da correria diária para mergulhar bonito e fundo no mar mágico da música.

Sei que alguns de vocês podem não acompanhar este mergulho, por se tratar de uma língua estrangeira, que aparentemente não diz respeito a todos nós. Mas, acredite, sofrimento, música e terapia são três veículos que alcançam o fundo das emoções da gente, sem precisar de visto no passaporte.
Sofrimento quando vem não pede licença, e é impossível de ser ignorado. Vai fundo e pronto!
Música também! Seja qual for a língua, o ritmo, a cultura...se for boa, vai fundo e pronto!
Terapia precisa de um pouco de permissão, e é a única das três que coloca legenda nas emoções..... nem sempre tão eficientes, mas isso já são outras palavras.....

Seja lá como for, este repertório desperta emoções poderosas, impossíveis de serem ignoradas.
Reveladoras, porque quem nunca se imaginou curtindo, acaba arrebatado.
E para esta que vos fala e vos canta, entre outras emoções, a do prazer de estar viva e fazendo música para vocês!

Beijos, muuuuitos beijos.
Zizi

Comentários

Marcos disse…
VIVER EH SE EXPOR DEMAIS, FEITO UM CAIS NO ENTARDECER, EH NAO BEGAR JAMAIS, QUALQUER MOMENTO; AINDA QUE TRISTE, NO MOMVIMENTO, NA VIDA...

AMO ESSA MUSICA. ESSE TEXTO. (ESCRITO "lindamente" POR VOCE)

EM QUE MOMENTO DA SUA VIDA TERAH SIDO ESCRITO? ISSO NAO IMPORTA MUITO POREM; POIS O TEXTO PODE PASSAR MUITO BEM AGORA, COM ESSE SEU MOMENTO, "DE CANTOS E CONTOS", DE TANTO CARINHO E ATENCAO PARA CONOSCO "SEUS FANS", COMPLETAMENTE "BLOGADOS-VICIADOS" EM VOCE...

BEIJOS, MARCOS
Anônimo disse…
eu acredito nas emoçoes transmitdas pela musica..seja qual seja o idiôma
Pessoalmente, quando escuto a canção E Chiove passa algo especial. E não sei NADA de italiano, mais essa canção va além e mobiliza TODO!! é increível..
sucesso e beijos argentinos!!!
P/D: muito bom as nano-moleculas!!
pitu_mm@hotmail.com
Ana Lucília disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse…
Querida Zizi,
Fiquei muito feliz em ver seu Blog, e a maneira que conduz com comentários nobres, divertidos e carinho com seus fãs. Admiro muito o seu trabalho, o primeiro show que assisti seu foi “Valsa Brasileira”, no Jazz Mania e Canecão, aliás, que show magnífico, pena que não ficou registrado em DVD, um outro show marcante foi “Puro Prazer” em que te dei uma fita do filme “Meu Último Tango”, espero que tenha gostado, me lembro que foi perto do seu aniversário. Adoro sua voz, acho você uma excelente cantora, e fico impressionado em ouvir você cantar as músicas de Noel, Pixinguinha, Lupicínio, Gonzaguinha, Geraldo Pereira, Villa Lobos, Chico Buarque e tantos mais, de uma maneira tão brilhante, sem falar nas canções napolitanas/italianas que considero o máximo, ainda mais com a contribuição dos seus músicos e belíssimos arranjos, a única coisa que posso dizer é que você faz bem a alma! E com você a gente aprende ouvir música de qualidade. Olhando suas fotos nos shows e com a Luiza, vejo como você está feliz e em paz. Que prazer te ver assim!

Beijos com carinho e gratidão
Jorge Luiz/NIT
Marina Schön disse…
Música é realmente uma linguagem extraordinária, e o mais lindo de tudo é que ela é universal, transcede diferença de idiomas e culturas, e chega até a nossa alma.
Tenho paixão por música e idiomas, em especial o italiano que considero um dos mais prazerosos de ouvir e falar, por isso o show de ontem em especial foi uma grande "perda" não poder participar.
Mas tenho certeza que foi maravilhoso, tomou às pessoas de emoções, assim como você descreveu a sua própria. Mal posso esperar pra ver isso em DVD.

Um beijo no core!!!
Anônimo disse…
Boa noite, dona Zizi!!!!
:) Estou adorando seu blog! Desde q comecei acessar (blog) não consigo ficar um dia s/ dá aquela famosa espiadinha!!! Aproveitando a sua boa vontade gostaria de lhe pedir um pequeno favor:
Gostaria q a senhora postasse alguns videos deste seu novo espetáculo:"Cantos e contos" p/ satisfazer a minha curiosidade!!!:)
Agradeço a sua compreensão de ler esta msn, e um abraço bem forte do tamanho do meu coração Carla
c.miranda.costa@bol.com.br
Marcos disse…
"é voce mesmo quem faz" esse momento de nao negar, de pelo contrario, de expor seus sentimentos, suas fraquezas, suas glorias, seus medos, receios, seus planos e sonhos, sua arte de se expressar, de viver atravez da musica... E nohs aqui, seus fans, somos grandes felizardos por poder "beber e comer" da sua arte.
Manoel disse…
Zi, essa sua vontade de chorar significa, nada mais, nada menos, que a verdade com que vc faz musica, e nos (fas de longa estrada), nos sentimos muito priviligiados e gratificados por vc compartilhar isso conosco. Lembro ainda hoje, com muito carinho, de um show seu no Recife (la atras, em 1995, com a Orquestra Sinfonica), quando vc cantou "Caminhos Cruzados" e eu (sentado na primeira fila), percebi seus olhos marejados... que coisa mais linda...aquilo me fez "derreter" de uma vez por todas por vc. Nao sei o que se passava pelos seus pensamentos naquele momento, mas aquilo me impressionou muito, me conectou a vc de uma forma que ate hoje nao consigo mais "desgrudar". Zi, vc e muuuuito especial e nos lhe amamos de coracao.
Beijao bem grandao.
Do Fazao,
Manoel.
Sormani disse…
Eu tive a felicidade de estar presente nesse show... fiquei no cantinho, à sua esquerda, sozinho, curtindo cada Música. Muito obrigado por nos proporcionar esses momentos...
Agora aguardo anciosamente seu show aqui em Brasília (já com os ingressos na mão!).
Deus te abençõe, sempre!
Beijo, Sormani.

Postagens mais visitadas deste blog

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil
Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Mistério revelado

Que bacana vocês terem aprovado o verde de fundo do blog.
É em homenagem à nossa escolha por maioria, ao partido verde, que na verdade com ou sem partido, é a cor de fundo das escolhas dos nossos corações, não é mesmo?

Um blog que reúne pessoas que amam animais, vegetais e minerais, música, arte e verdade, é no mínimo ecológico e ético, certo people?

Então, vou contar para vocês sobre o mistéééério que me levou ao planalto central.

Uma amiga comentou há algumas semanas, que um grupo de amigos estava com vontade de ir à Abadiânia - cidade do interior do estado de Goiás, para ser vista pelo médium João de Deus, a quem é atribuído grande poder de cura das mais diversas doenças.

Vi na minha agenda que naquele final de semana eu estaria com tempo livre, e resolvi me juntar ao grupo, uma vez que nos últimos anos tenho me sentido um "mostruário" de males que a medicina tem pouco ou nenhum jeito eficiente de tratar. Alguns não têm nem diagnóstico..... já passei por tantos hospitais, médi…