Pular para o conteúdo principal
Crianças,

A Adrianita nos enviou um texto do Jabor, que além de estar no comentário dela, achei importante postar nesta janela principal do blog, para que nenhuma pessoa que passeie por aqui, perca essa lucidez maravilhosa.
Com carinho, para vocês;


A história do Haiti é um monstrengo político
qui, 14/01/10 por Arnaldo Jabor | categoria Sem Categoria :


Depois do brutal colonialismo francês, em 1804 os escravos se rebelaram e declararam a independência, chefiados por Jacques Dessalines, logo assasinado, dizem por Henri Cristophe que se coroou como um Napoleão Negro, com todas as pompas do imperador, palácios, escravos, duques.

Depois, do meio do século XIX até o século XX houve mais de 20 governantes no poder, predando o país.

Em 1915 os americanos invadiram e tomaram conta até 1934 a pretexto de defender seus interesses.

Logo depois chegou o assassino Duvalier, o Papa Doc, cercado de criminosos chamados tonton macoutes.

Foi sucedido pelo filhinho Baby Doc que era pior e ficou até 1986.

Só em 1990 começou a tentativa de “democratizar” o Haiti.

Aí está o nó.

Como democratizar um país miserável analfabeto com raízes tribais africanas bárbaras, dominada por ditaduras corruptas que tiraram tudo do país?

Haiti não é aqui, mas o Haiti é uma espantosa caricatura de contradições que existem em países da América Latina.

Só que lá, tudo se passa como no fundo do inferno.

Mas Deus é culpado pela miséria absoluta do Haiti? Não. O terremoto humano de três séculos foi pior.

Existem tragédias de Deus e tragédias dos homens. Quando as duas se encontram temos o horror absoluto.

Comentários

caca disse…
NOSSA,
PARECE QUE AS "COISAS" POR LÁ
PERDERAM O RUMO DO "SUCESSO" DESDE
SEMPRE!!
SERÁ POR QUE E PARA QUE?? NÃO PODE SER EM VÃO.

CARMINHA.
pau_argentina disse…
Obrigada Zi por postar e Mamarracho por dividir com a gente. Sem palavras.

Besos para las dos!
Design disse…
"Como democratizar um país miserável analfabeto com raízes tribais africanas bárbaras" acho que esse foi um dos comentários mais racistas que já li. quer dizer o haiti está fadado ao autoritarismo por causa de sua origem africana.
caca disse…
ZIZIZINHA QUERIDA,
ESTOU AQUI,OUVINDO O CD PER AMORE,ADOROOOOOOOOO!!ME LEMBRO ATÉ HOJE QUANDO O OUVI A PRIMEIRA VEZ:
-FIQUEI TÃO EMOCIONADA, O ACHEI MUITO MAIS LINDO DO QUE IMAGINAVA!!
NÃO FUROU,PORQUE É DE BOA QUALIDADE!!AMO O DVD TAMBÉM,JÁ VI INCONTÁVEIS VEZES!! E O SHOW AO VIVO, VI 12 VEZES!!

AMIGA, ESPERO QUE VOCÊ ESTEJA BEM, DESCANSADA ,SEM DOR , FELIZZZZZZZZZZZ!!
EU CONTINUO AGUENTANDO A SAUDADE!!!

BEIJOCAS, FIQUE EM PAZ, COM DEUS!!

CACÁ CARMINHA.
Flá disse…
Ola ZIZI!!! Maravilhoso 2010 para vc!!! apesar e tantas noticias ruins nesse começo de ano... que sirvam para elevarmos nosso pensamento em Deus e sempre desejarmos o melhor... conforto e esperanças aos nossos irmãos!!
Bjus
Lusiane disse…
Pois é... o homem culpa Deus por tudo de ruim que acontece e não sabe ver o que faz com as próprias mãos...
Por vezes eu tenho vergonha de pertencer a essa espécie!

Obrigada a vocês... Zizi e Adri!
Beijos

Postagens mais visitadas deste blog

Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil
Faço agora uma reverência aos Zizianos espalhados pelo Brasil e mundo.
Hoje, 22 de outubro de 2015, completamos mais um ano de vida!
Foi em 22 de outubro de 2007, que resolvi publicar meu blog na plataforma do blogspot, super discretamente, colhendo aqui e ali algumas pessoas que se reuniam em torno do meu trabalho...
Adriana GarciaCarmen Teixeira, Paulinha de Salta, Ney Lee, Conceicao MachadoManoel Vila NovaAndrezinho Possi, Luziane, ....... e assim, de grão em grão construímos uma relação tão quente, tão propícia, que casamentos aconteceram entre membros do blog, encontros físicos - tivemos 3, com pessoas do Brasil todo.
E o mais gratificante, foi perceber que apesar das diferenças de gêneros, sotaques, idades, lá no fundo do coração, todos nós Zizianos somos feitos de uma mesma substância. Nos emocionamos "alcançando" um sentido intrínseco nas canções, na poesia do cotidiano, nas aspirações.... enfim, somos todos da mesma gota de amor de Deus.
Obrigada por existirem na m…