Pular para o conteúdo principal

Atualizando...

Olá meus queridos!

Sumi, não é mesmo?
Não, ....não é.

A verdade é que continuo com problemas na área da saúde, que afetam minha vida toda, e isso é tão monótono quanto desesperador. O diagnóstico ainda não foi concluído, e os dias se seguem na mesma rotina entre hospital, exames, médicos - 14 até agora.
Dado o tempo que tudo isso está comigo, além das sequelas que vêm no pacote e ficam..... duram.... chateiam....incomodam..... atrapalham....
Daí, melhor ficar mesmo quietinha, postando um vídeo aqui, um depoimento ali, trocando o nome da Nice...

Se tem um lado bom nisso tudo, deve ser o "pavio menos 1".
Com este tamanho de pavio, adeus "meios termos", o que vem a calhar depois de um longo tempo onde tudo se acumula e nada se resolve.

Prometi a mim mesma que não reclamaria, mesmo porque não suporto mais me ouvir explicando o que está acontecendo. Mas, está acontecendo, e isto é fato. Dói.

Neste final de semana, num rompante de ousadia e desepero, larguei tudo e fui viver meu segundo weekend do ano.
Fui para Paradise, e uma revoada de maritacas me recebeu. Chorei muito, porque acreditem, é um visual abençoado. Elas estavam posadas nos galhos da cerejeira, praticamente invisíveis por serem da mesma cor da folhagem.
De repente, a "folhagem" sai voando e cantando em bando... é lindo.
Isso havia acontecido uma vez, há muitos anos, e se repetiu neste sábado.
Senti meu coração pulsando na garganta, e uma plenitude daquelas que sinto quando canto Gonzaguinha.
Minhas orquídeas se organizam para começar a florir, e eu rezo para viver minhas inteligência e equilíbrio, e se possível, reintegrar minha saúde, me organizar para florir.

Perguntas passeiam e me convidam a ficar de ponta cabeças e revirar os bolsos, como na carta do Enforcado, do Tarô. Rezo para não cristalizar.... e penso que meu corpo pede mudanças, as quais ainda não aprendi, ou entendi, mas pretendo atender assim que souber como...

Bem crianças, não vou me estender aqui, agora.
Precisava, na verdade estava lhes devendo, atualizar.
Amanhã vou passar o dia fazendo mais exames, mais médicos, mas, trabalharei com André Mehmari - um talento da jovem geração de maestros/músicos/arranjadores - no arranjo de uma das canções que cantarei em outubro com a Banda Sinfônica.
Soa como outra revoada de maritacas!

Não fiquem preocupados, porque isso não adianta e só aborrece.
Fiquem por perto, porque isso sim, é bom demais!
Com todo o meu carinho, para vocês.

Comentários

Marcos Vital disse…
Querida Zizi, Bom dia!

Ao ler esse seu post, realizo entao que me enganei crendo que esse "martìrio" jà havia acabado, pena que nao, e que voce ainda sofre qualquer tipo de dor, incomodo, atrapalho...

Jà vivi um tipo de coisa assim, um fardo que de tao pesado, me fez mesmo ir até o chao, cair de joelhos, gritando, berrando, dizendo que nao suportaria aquilo por mais um dia...

E quando hoje lembro disso, me pergunto se os deuses là do céu, estariam somente esperando por um ato assim de minha parte, pois a soluçao veio, nem mesmo sei como ou de onde veio, de tao ràpido que veio...

Que lindo que apesar da monotonia e do desespero que isso tudo tem causado na sua vida, em voce existe, persiste, e insiste a paciencia, a perseverança, e a força pra buscar soluçoes...

Muito lindo voce falar da sua plenitude ao cantar "Gonzaguinha", acho que voce è mesmo assim, plena, em toda sua essencia, com toda sua emoçao, e seu amor pelo canto e pela vida, - em especial quando interpretando cançoes daquele que falou sempre com tanta emoçao do "viver"...

Lhe desejo do cantinho mais especial e mais fundo do meu coraçao, mais força e perseverança pra encontrar a soluçao desse problema.

Enquanto lhe escrevia, lembrei de uma composiçao muito linda, que é do Milton Nascimento, porém me lembra muito o Gonzaguinha - que adoro!

Aqui posto-a, e espero possa lhe servir como um breve alento, unguento, nesse seu momento...


PRA EU PARAR DE ME DOER

Mais que a dor do amor
Viver a dor, me doeu.
Eu quero mesmo é ser feliz!

Amar, amor!
Quem não semear,
Não vai colher
Ai, de quem é um!
E nunca será dois.
Por não saber...

Quem irá me valer?
São pessoas, é a caminhada
Quem irá me valer?
São meus sonhos no pó da estrada
Quem irá me valer?
É o sorriso que guardo comigo
Quem irá me valer?
É o segredo de fazer amigos...


Um abraço cheio de energias positivas,
Marcos Vital
Ana Lucília disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Adriana disse…
Bom dia Zizi querida,bom dia zizianos!!!!
Zizi, quando você escreve assim do jeito que escreveu nesse post, a poesia jorra de você.Não importa se o que você está escrevendo é duro ou triste sua fala tem a beleza da profundidade. Da inteireza.Obrigada por confiar na gente.Estamos perto,cada dia mais ligados e cada dia mais afinados com você e uns com os outros.
Paulinha minha linda irmã de alma, estamos torcendo para que sua cirurgia seja um sucesso!

Beijos carinhosos para todos
Adrianita
Hoje vim para o trabalho ouvindo mil vezes uma canção,pensei em postar uma frase dela aqui e por coincidência calhou:

Frase do dia:
"Meu amor...
Deixa eu chorar até cansar
Me leve pra qualquer lugar
Aonde Deus possa me ouvir
Minha dor...
Eu não consigo compreender
Eu quero algo pra beber
Me deixe aqui pode sair"
(Vander Lee)
Marcia Cristina disse…
Zi Amada
Quem está tão presente nos nossos corações, nunca está sumida... Sabemos que quando vc não aparece por aqui é por está se cuidando. Portanto, descanse, se acalme ,se aprume porque estamos por aqui enviando todo nosso carinho!
Você precisa desse tempo e o tempo não tem pressa, fique contigo que estarás em excelente companhia!E se for preciso, queime mesmo o pavio:xingue, esbraveje, chore, lave a alma, liberte o cansaço;porque tudo isso há de passar !
E lembre-se: se precisar de "colo" estamos aqui.Com muito amor. Marcia (a Cristina!)
Dani Mota disse…
Não precisa pedir, estaremos por sempre perto, mesmo que em pensamento.Nosso carinho e amor por você é eterno.
Bjos!!!!
morettovalente disse…
Minha amada Zizi,fale, desabafe sempre,reclame da sua dor!!!só quem sente sabe,colocar pra fora não resolve, mas com certeza alivia.Estamos aqui com voce simplismente porque gostamos e nos
preocupamos, com essa pessoa que estou tendo o prazer de conhecer mas(deve ter uns 20 anos que voce mora no meu coração= PAIXÃO ANTIGA).
Continuo pedindo a Deus para cuidar de voce, com certeza ele está ao seu lado, a prova disso foi a presença DIVINA que tocou o seu coração através da nossa abençoada natureza.
bj
Seu Moretto
Pat disse…
Clarice Lispector
Não entendo!
Isso é tão vasto que ultrapassa qualquer entender.
Entender é sempre limitado.
Mas não entender pode não ter fronteiras.
Sinto que sou muito mais completa quando não entendo.
Não entender, do modo como falo, é um dom.
Não entender, mas não como um simples de espírito.
O bom é ser inteligente e não entender.
É uma benção estranha, como ter loucura sem ser doida.
É um desinteresse manso, é uma doçura de burrice.
Só que de vez em quando vem a inquietação: quero entender um pouco.
Não demais: mas pelo menos entender que não entendo.
Não se preocupe em "entender". Viver ultrapassa todo o entendimento.

Uma boa semana para todos e todas!!!

Pat
Adriana disse…
Marcos, estava ouvindo essa MARAVILHOSA canção ontem.Só o nome dela já é uma poesia!
Ana Lucília,eu tô dentro adooro brincar...quer quiser vir junto põe o dedo aqui que já vai
fechar...!!!!

Beijos
Adrianita
Ana Lucília disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Sandra disse…
Oi , galera sou a mais nova moradora desse planeta,rsrs!
Sou amiga da Marcia (a Cristina!).
Já entrei e já gostei da idéia da brincadeira! Que tal brincarmos de mamãe posso ir "(lembram? )? " quantos passos?"!
Não se preocupe Zizi , todos nós entendemos sua ausência !!!
Grande bjs a todos !

Sandra
Manoel Vila Nova disse…
Meu anjo Zizi,

Saiba que vc tem o tempo que precisar, nao se aflija, nem se desespere porque isso vai passar. Faca o que ja vem fazendo, tarefas que lhe de prazer, indo em Paradise. O caso das Maritacas e fantastico, porem saiba que elas voltam sempre pras mesmas arvores periodicamente. Se prestar mais atencao, vera que elas estarao la mais vezes. Acho esse passaro muito legal Zi, pois e da mesma familia dos papagaios e das araras, e um lugar que ainda abriga esses animais de forma silvestre e, com certeza, um "Paradise". Cultive suas flores (quem sabe vc ja nao comeca aquela experiencia de plantar alguns pes de orquidea nos pes de xaxim ???), nao se aborreca, pois isso nao ajuda, ok ? Como dizemos aqui: "take your time"...rsrsrs.

Paulinha, que cirurgia e essa ? Nao estava sabendo... estou aqui mandando todas as minhas energias positivas, viu ?

Beijao em todos e um muito especial pra vc, minha Zi.

SAUDE gente !!!!!!!

Com carinho,
Manoel.
Marcos Vital disse…
Oi Adriana,

Também gosto muito dessa musica, cantada pela Maria Bethania - nao a conheço na voz de outro interprete, e creio que somente a Zizi poderia canta-la tao bem ou melhor...
Como voce diz, o proprio nome da musica jà é uma poesia, tem uma letra linda e, uma melodia que "doi", de um jeito bom claro ;-)

Beijinhos, Marcos
Vladimir disse…
Zizi

Saber notícias suas é uma necessidade, independente se boas ou não... Claro que a gente espera que sejam boas, que seu tratamento tenha terminado, mas não sendo assim, continuamos na torcida por sua recuperação e, de alguma forma, continuamos transmitindo nossos pensamentos positivos e nossas orações para que fiques bem!!

Linda sua descrição do revoar das maritacas!! Me passou um filme na minha cabeça, carregado de emoção e lirismo, coisa que poucos cineastas ou poetas conseguiram fazer... Lembrei também daquela cena da vaca na estrada e do seu olhar... Algo realmente emocionante e inspirador... Que tenhas outros momentos desses para contar para a gente... E tenha-os como prenúncio de coisas boas que estão por vir!!


Beijos saudosos!!
Juliana Reis disse…
Oi Zizi
Sempre passo por aqui para te fazer uma visitinha. Sento, tomo um capuccino, te ouço... bem como os sons do universo ziziano, seus habitantes e sinto todo carinho expresso. Olho a janela, as minhas plantinhas e volto para a minha vida... Mas hoje senti vontade de falar que estive aqui. Porque visualizei e ouvi a revoada das maritacas...
Melhoras para vc.
abraço grande para o universo
Adriana disse…
Oi Marcos!!!Entendi perfeitamente que a melodia te dói...me dói também,de tão lindo dói...que bom que somos todos loucos por boa música e estamos unidos "também" ao redor dela.
Zizi amada, o Marcos te deu uma sugestão,eu assino em baixo.Canta pra gente essa canção com a sensibilidade que só você sabe imprimir no que canta???

Abraços muitos
adrianita
Adriana disse…
Ana Lucilia muito muito legal sua fala,acho que não tem volta mesmo...a Zizi tá perdida..."é responsável por esse bando de loucos que ela cativou..."(uma pequena licença poética) rsrsrsrs

Um beijo grande pra você!

Pat menina, que delícia ver a "Clarisse" aqui...acho que ela é uma ziziana,não é??
Beijos muitos em você!
Adrianita
Marcus disse…
Zizi

Nunca esqueça que estaremos sempre e sempre por perto e mesmo que manifestações da natureza não aconteçam com tanto sonho-realidade, cada dia, cada estrela, cada noite é um prodígio de Deus na tragetória da vida.
Que Deus te projeja minha amada...

Marcus Kemps do Recife

Postagens mais visitadas deste blog

Pensou que eu tinha esquecido de você Eli?????

Mas não esqueci não!!!!!
Parabéns atrasados querida, mas limpinhos e cheios de carinho!!!
Desculpe não ter postado ontem!
Fui abduzida pela minha filha que me levou a um cinema incrível, a gente quase deita nele! E os garçons servem o que a gente já pediu.
Assistimos Almodovar com um pacote imenso de pipocas e prosseco rosê.
E eu ficava pensando: será que vai dar tempo de postar o parabéns da Eli?????
Não deu, mas então aqui vai:

PARABÉNS ELI!!!!
Muita saúde, paz, realizações, amor, felicidades e que seus desejos mais lindos sejam realizados!
Receba um beijo meu enooooooooooorme, e deste blog inteirinho que te ama!

Ah, a Carminha fez um cartão lindo prá você, só que veio em pdf. extensão que o blogger não aceita para uploads.

Então saiba que o carinho de todos por aqui é muito maior do que o que você imagina!
Beijos mil
Existe uma música cuja letra diz   “recordar é viver”
Pois bem, eu digo o contrário. Viver, de verdade, é recordar…..
Daquilo que, intimamente, já sabíamos - mas não lembrávamos que sabíamos… Recordar através de uma palavra solta no ar, um gesto, uma intenção, um deja-vù… qualquer coisa se presta a ser um sinal que suga dos infinitos do inconsciente a lembrança vaga de fatos, mas muito sólida em conteúdo e sentido.
Lembrar disso tudo trás sentido ao viver, ao sofrer que faz parte, àquilo que temos de aceitar porque a impotência bate de frente….
O caminho dessas lembranças, pelo menos o único que conheço, está bem perto - ou melhor : bem dentro de nós. Há que se ter coragem = core ( coração + agir ). Há que enfrentar nossos próprios demônios e dragões, que guardam as portas de entrada da memória… Parece simples, mas não é. Um pequeno e único gesto, por menor que seja, nessa direção, acredite: é Hercúleo.
Bem vindo à complexidade - inevitável como o destino - que nos compõe, e parece cobrar sua aut…

Mistério revelado

Que bacana vocês terem aprovado o verde de fundo do blog.
É em homenagem à nossa escolha por maioria, ao partido verde, que na verdade com ou sem partido, é a cor de fundo das escolhas dos nossos corações, não é mesmo?

Um blog que reúne pessoas que amam animais, vegetais e minerais, música, arte e verdade, é no mínimo ecológico e ético, certo people?

Então, vou contar para vocês sobre o mistéééério que me levou ao planalto central.

Uma amiga comentou há algumas semanas, que um grupo de amigos estava com vontade de ir à Abadiânia - cidade do interior do estado de Goiás, para ser vista pelo médium João de Deus, a quem é atribuído grande poder de cura das mais diversas doenças.

Vi na minha agenda que naquele final de semana eu estaria com tempo livre, e resolvi me juntar ao grupo, uma vez que nos últimos anos tenho me sentido um "mostruário" de males que a medicina tem pouco ou nenhum jeito eficiente de tratar. Alguns não têm nem diagnóstico..... já passei por tantos hospitais, médi…